PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Campeonato Inglês

Liverpool perde do Crystal Palace, se distancia do título e tem semana para esquecer

Em jogo marcado por lembrança aos 35 anos da tragédia de Hillbrough e volta de Alisson, Londrinos vencem, 1 a 0. Reds mais longe da liderança

14 abr 2024 - 12h00
(atualizado às 12h15)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto:   Paul Ellis/AFP via Getty Images - Legenda: Eze comemora o gol que marcou para o Crystal Palace / Jogada10

Em jogo que marcou a volta do goleiro Alisson ao Liverpool após dois meses (teve lesão no tendão da coxa direita), os Reds foram surpreendidos pelo Crystal Palace, em pleno Anfield, neste domingo (14/4). O brasileiro fez boas defesas, uma delas milagrosa. Mas não evitou o gol de Eze que definiu o 1 a 0. O resultado deste duelo pela 33ª rodada da Premier League não foi justo por tudo o que os times fizeram. Deveria ter mais gols. Afinal, o Liverpool perdeu pelo menos sete chances claras e o Crystal, outras três. No fim, o Reds, com 67% de posse e 21 finalizações a 8, lamentaram muito este tropeço, o segundo seguido (perdeu para a Atalanta por 3 a 0 na Liga Europa).

Afinal, com a derrota, o Liverpool estaciona no terceiro lugar, com 71 pontos. Afinal, o Manchester City (73) abriu frente. E os Reds ainda  podem ver  o Arsenal (71 pontos e que joga neste domingo), assumir a liderança. Já o Crystal vai aos 33 pontos, em 14º. Assim, se afasta um pouco da briga pelo rebaixamento (o primeiro dentro do Z3, o Luton Town, tem 25).

Tragédia de Hillsborough, 35 anos

O jogo teve um minuto de silêncio, cumprido por todo o estádio de forma notável. Foi uma lembrança aos 35 anos da tragédia de Hillsborough (15/4/1989) que resultou na morte de 97 pessoas (a última, que estava em estado vegetativo desde então morreu em 2021). Aquele jogo, pela semifinal da Copa da Inglaterra entre Liverpool x Notthingham gerou uma mudança em toda a organização do futebol inglês.

Crystal surpreeende

O primeiro tempo foi inesperado. Afinal, todos esperavam um LIverpool sufocante e um Cryustal apenas na defesa. Mas o time londrino  conseguiu encaixar bons ataques, chegando ao primeiro gol aos 13 minutos com Eze concluindo cruzamwnto de xxx, quje foi ao fundo pela esquerda e deu um passe pergeitro para a conclusçao do companheiro. E, quase em seguida, quase amp,liou. Van Djik escorregou e deixou Mateta livre. O atacante entrou na área e tocoui encobrindo Alisson. A vola estava entranbdo, mas Roibertson salvou em cima da linha.

Liverpool martela

Apenas depois dos 20 minutos foi que o Liverpool passou a aparecer com qualidade no ataque. Teve duas boas chances. Uma, aos 26, Robertson cruzou para conclusão de Endo na trave. Aos 28, Robertson cruzou para Luiz Dias obrigar Henderson a fazer grande defesa.  Até o fim do primeiro tempo Liverpool martelando, mas o Crystal oferecendo perigo em contra-ataques.

Para o segundo tempo, com o híngaro Szoboslai em campo, o Liverpool voltrou pressionando. Mas aí apareceu muito bem o goleiro Henderson, com duas belas defesas antes dos 15 minutos.  Contudo, o gol que os Reds lamentaram muito não fazer foi o de Jota aos 32 minutos. Após cruzamento da direita e confusão na área, a bola sobrou para Jota. Com o gol livre ele chutou, mas o zagueiro Clyne salvou.

Aí virou loucura. Aos 33, Mateta, na pequena área mandou uma bomba e Alisson salvou no reflexo. Até agora ninguém entendeu como o brasileiro salvou o gol. A resposta do Liverpol foi quando Curtis Jones entrou livre e chutou tirando o goleiro. A bola, inacreditavelmente, foi para fora. E não adiantou o Liverpool martelar. A bola não entrou.

Jogos da 33ª rodada da Premier League

Sábado (13/4)

Brentford 2×0 Sheffield United

Burnley 1×1 Brighton

Bournemouth 2×2 Manchester United

Domingo (14/4)

Liverpool 0x1 Crystal Palace

West Ham x Fulham

Arsenal x Aston Villa

Segunda-feira (15/4)

Chelsea x Everton - 16h

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade