0

Carille elogia desempenho do Corinthians contra o Santos: 'Incomodamos mais'

Técnico do Corinthians disse que seu time foi superior tecnicamente do que o adversário na vitória por 2 a 1 em Itaquera

31 mar 2019
19h57
atualizado às 20h30
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Fábio Carille gostou do desempenho do Corinthians na vitória sobre o Santos por 2 a 1 neste domingo, em Itaquera, no jogo de ida das semifinais do Campeonato Paulista. Para o treinador, sua equipe criou mais do que o adversário e mereceu o resultado positivo.

"Gostei muito da partida. Acho que a gente incomodou mais o Santos. Chegamos com mais perigo. Fizemos uma pequena vantagem. Mas em clássico, em jogo decisivo, toda vantagem é importante", comentou o treinador.

O Corinthians chegou à vitória graças a duas falhas do setor defensivo adversário. Na primeira, Manoel aproveitou indecisão da zaga e marcou de cabeça. Depois, Luiz Felipe afastou de cabeça nos pés de Clayson, que fez. Do outro lado, Cássio falhou no gol santista, marcado por Derlis González.

Da sua maneira, o Corinthians conseguiu controlar a partida. O time se fechou em seu campo de defesa e não deixou o adversário criar perigo. "O Santos é um time que evita cruzamento na área, porque o seus atacantes não são de bola aérea. Fiz isso no ano passado quando joguei com Rodriguinho e Jadson. Conseguimos anular bem essa ideia do Santos fechando a entrada da área", analisou Carille.

Na partida, Carille optou por deixar Jadson na reserva e deu nova oportunidade a Sornoza. O treinador justificou a escolha. "São meias, mas com características diferentes. O Sornoza vem um pouquinho mais de trás, e o Jadson sabe jogar de costas. Quando pegarmos um adversário mais fechado, o Jadson é o único jogador que temos por dentro que rompe a defesa adversária através do passe. Vai ser de acordo com a partida. Em jogos de mais transição e intensos, o Sornoza encaixa", explicou.

O Corinthians volta às atenções agora para a terceira fase da Copa do Brasil. Na quarta-feira, o time receberá o Ceará no duelo de volta da competição depois de vencer a ida por 3 a 1.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade