0
Logo do Brasileiro Série D
Foto: terra

Brasileiro Série D

Brasileiro Série D

Convidado, Ronaldo diz que ajuda Bom Senso "quando pode"

PokerStars / Divulgação
28 nov 2014
12h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, Ronaldo não foi o tipo de atleta que depois de pendurar as chuteiras manteve um elo direto com um clube ou ao esporte. O mais perto que esteve do futebol foram algumas oportunidades de ser comentarista em partidas da Seleção Brasileira e no tempo em que foi membro do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo, uma posição muito mais política do que qualquer outra coisa. Com outros negócios em atividade, como sua recente carreira no pôquer e sua agência de marketing esportivo, o ex-jogador possui uma agenda lotada e, por isso, não consegue ajudar Bom Senso, movimento dos atletas que luta por melhorias na modalidade que o revelou para o mundo.

Em São Paulo para a realização do BSOP Millions, o maior torneio de pôquer da América Latina, Ronaldo, que é embaixador do PokerStars no mundo, conversou com exclusividade ao Terra sobre o Bom Senso FC. Apesar de apoiar o movimento, o ex-jogador acredita que ainda falte uma união maior para que as coisas comecem a funcionar como deveriam.

“Apoio qualquer movimento que seja para mudar para melhor. Apesar de não participar do movimento, acho que, para ter força, precisam juntar todos os jogadores, os sindicatos e que tenham um planejamento melhor. No entanto, é um movimento que faz barulho e que tem as melhores intenções, até porque são colegas, amigos e pessoas que querem, realmente, mudar para melhor o futebol”, disse.

Quando perguntado se toparia se juntar ao Bom Senso para dar uma força maior aos jogadores junto à CBF, Ronaldo revelou já ter até recebido um convite, mas que seus outros compromissos não o permitem estar tão presente e que, quando pode, tenta ajudar. “Eu fui convidado, não participo ativamente e ajudo quando posso, pois tenho uma agenda bastante cheia. De qualquer maneira, nunca aprofundamos nenhum assunto sobre as metas e projetos do Bom Senso", finalizou.

Entre outros temas abordados na conversa com o Terra, Ronaldo também falou sobre sua experiência como membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo, sua ligação com o Corinthians e o que ele espera do novo presidente do clube paulista, entre outras coisas. Veja aqui a entrevista completa.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade