PUBLICIDADE

Cano marca duas vezes e Fluminense vence o Athletico-PR pelo Brasileirão

14 mai 2022 23h44
ver comentários
Publicidade

O Fluminense de Fernando Diniz venceu mais um jogo. Neste sábado, o Fluzão bateu o Athletico-PR por 2 a 1, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico continua invicto neste retorno ao Tricolor Carioca e ajuda o time a se recuperar no torneio.

O Flu amargava três jogos sem vencer no Brasileiro - eram duas derrotas e um empate. Com a vitória, o Fluminense pula para oito pontos e está na 11ª colocação. Já Diniz ostenta quatro jogos de invencibilidade, com três vitórias e um empate. O Athletico-PR continua com seis pontos e está em 14º.

O Fluminense, agora, tem um jogo decisivo pela frente na Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, o Tricolor Carioca visita o Unión Santa Fe, da Argentina, às 19h15 (de Brasília). O Fluzão é o terceiro colocado do Grupo H, com sete pontos, um a menos do que o rival argentino, líder. O Athletico-PR, por sua vez, também tem um compromisso importante no meio de semana. Na quarta-feira, recebe o Libertad, do Paraguai, pelo Grupo B da Libertadores. O Furacão está na lanterna, com quatro pontos.

Já pelo Brasileirão, o próximo jogo do Fluminense é contra o Fortaleza, domingo, dia 22, no Castelão, às 16h (de Brasília). Já o Athletico-PR recebe o Avaí, também no domingo, às 19h (de Brasília), na Arena da Baixada.

O jogo

Cano logo assustou. No primeiro ataque do jogo, ele foi lançado na área e chutou cruzado. A bola bateu na rede pelo lado de fora. O bom começo do Fluminense foi premiado. Aos sete minutos, Wellington lançou Cano. O artilheiro limpou a marcação e chutou da entrada da área: 1 a 0. O Fluminense quase ampliou aos 14. Luiz Henrique recebeu pela direita e emendou cruzado, com perigo, para fora.

O Athletico-PR ficou na bronca com a arbitragem em lance de pênalti. Em cobrança de escanteio, Martinelli segurou Pedro Henrique na área. O árbitro Ramon Abatti Abel (SC) não viu e o VAR deixou passar. O Furacão teve chance de empatar. Após cruzamento pela esquerda, Pablo, na pequena área, sem goleiro, completou para fora.

Fernando Diniz precisou mudar ainda no primeiro tempo. David Braz, com enjoo, deu lugar a Luccas Claro. Cano teve chance de ampliar, mas não pegou na bola como gostaria e viu Bento defender. Já o Athletico-PR encaixou um contra-ataque, mas Pablo chutou sem força, para defesa de Fábio.

O Athletico-PR voltou para o segundo tempo melhor. Pablo não conseguiu completar cruzamento da direita. Fernando Diniz logo entrou em ação. Aos nove minutos, ele colocou Arias e Willian Bigode. Saíram Martinelli e Nathan.

O Fluminense equilibrou as ações e viu Cano fazer a diferença mais uma vez. Após desvio de Willian Bigode, ele aparou com o peito e emendou no ângulo: 2 a 0, aos 32 minutos.

O Athletico-PR descontou aos 45 minutos. Após cobrança de escanteio, Matheus Felipe ficou com a bola e marcou. Apesar do susto, o Fluzão somou três pontos.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2X1 ATHLETICO-PR

Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Data: 14/05/2022, sábado

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC-Fifa) e Éder Alexandre (SC)

VAR: Vinicius Furlan (SP)

Cartão amarelo: Pablo Siles e Cuello (Athletico-PR) e Arias, Willian Bigode e Yago Felipe (Fluminense)

Cartão vermelho:

Gols:

Fluminense: Cano, aos 7′ do 1ºT e aos 32′ do 2ºT

Athletico-PR: Matheus Felipe, aos 45′ do 2ºT

FLUMINENSE: Fábio; Yago Felipe, Nino, David Braz (Luccas Claro) e Pineida; Wellington, André (Nonato), Martinelli (Arias) e Nathan (Willian Bigode); Luiz Henrique (Caio Paulista) e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

ATHLETICO-PR: Bento; Khellven, Matheus Felipe, Pedro Henrique e Abner Vinícius; Hugo Moura, Erick (Marlos) e Matheus Fernandes (Pablo Siles); Canobbio (Vitor Roque), Vitinho (Cuello) e Pablo (Pedro Rocha). Técnico: Felipão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade