0

Botafogo vende mando e clássico com o Fluminense será em Brasília

Partida que estava agendada para o Engenhão agora será no Mané Garrincha, no dia 6 de outubro

6 set 2019
21h43
atualizado às 21h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O Botafogo acertou a venda do mando de campo do jogo com o Fluminense, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro, dia 6 de outubro. Anteriormente marcado para o Engenhão, o clássico será disputado no Mané Garrincha, em Brasília.

Esta é a segunda vez neste Brasileiro que a diretoria botafoguense altera o local de uma partida. A primeira foi diante do Palmeiras, pela sexta rodada, quando o jogo também foi transferido para o mesmo estádio da capital federal, e o time paulista venceu por 1 a 0.

Botafogo e Fluminense devem receber uma cota fixa (cerca de R$ 500 mil), divisão de torcidas igualitária, traslado e hospedagem para ambos bancados pela empresa que organizará a partida.

Esta não deve ser a última vez que o Botafogo irá vender um mando de campo. Existe uma proposta para que o duelo com o São Paulo, pela 20ª rodada, previsto dia 21 de setembro, no Engenhão, também seja no Mané Garrincha. Parte dos dirigentes botafoguenses é contra a nova negociação, pois eles não concordam com duas vendas em um curto período de tempo.

Há três rodadas sem vitória no Brasileiro, a diretoria do Botafogo quer um Engenhão lotado contra o Atlético-MG. Para isso, uma promoção especial foi feita e os ingressos custarão de R$ 15 a R$ 30.

O último triunfo botafoguense na competição nacional foi conquistado em 11 de agosto, no Rio, quando derrotou, por 2 a 1, o Athletico-PR. De lá para cá, o time do técnico Eduardo Barroca perdeu para o Corinthians (2 a 0), empatou com a Chapecoense (0 a 0) e foi derrotado pelo Internacional (3 a 2), no sábado passado.

Barroca só define o time após o treino deste sábado. A equipe vai em busca da sua oitava vitória no Brasileiro. O time ainda soma dois empates e mais oito derrotas. O Botafogo está em décimo lugar, com 23 pontos, 13 atrás de Flamengo e Santos, respectivos líder e vice-líder.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade