PUBLICIDADE

Confiança e Brasil de Pelotas ficam no empate pela 4ª rodada da Série B

Com o empate, o Dragão chega ao terceiro jogo sem vencer na competição; o Xavante não ganhou ainda pela Série B

15 jun 2021 23h54
| atualizado em 16/6/2021 às 00h56
ver comentários
Publicidade

No estádio Batistão, em Aracaju, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, Confiança e Brasil de Pelotas ficaram no empate por 1 a 1. Os gols saíram no primeiro tempo. Gabriel Terra abriu o marcador para o Xavante no início da partida. O empate veio com Neto Berola no fim da etapa inicial. Com o resultado, o Dragão vai para 4 pontos e está em 10º lugar. O Xavante soma dois pontos e está em 16º.

Divulgação: Confiança
Divulgação: Confiança
Foto: Lance!

Na próxima rodada, o Brasil de Pelotas enfrenta o Goiás, às 21h30, no Bento Freitas, em Pelotas, dia 18 de junho. Já o Confiança visita o Sampaio Corrêa, no Castelão (MA), em São Luís, às 21h, dia 19 de junho.

O jogo

BRASIL DE PELOTAS COMEÇA MELHOR E ABRE O PLACAR

O time do Brasil de Pelotas não se intimidou com o fato de estar longe dos seus domínios e foi para cima do Confiança logo no início da partida. A estratégia do Xavante deu certo e o gol saiu no começo do jogo. Aos 12 minutos, após cobrança de escanteio, Victor Sallinas foi cortar e acabou jogando contra o próprio patrimônio: 1 a 0 para os gaúchos.

XAVANTE RECUA; DRAGÃO VAI PARA CIMA ATRÁS DO EMPATE

Melhor na partida, o Brasil de Pelotas preferiu recuar após o gol e jogar no contra-ataque. Com isso, o Confiança passou a ter mais a bola e criar ótimas oportunidades de gol. As melhores surgiram com Neto Berola, que acabou não aproveitando as chances de marcar.

EXPULSÃO, BOLAS NA TRAVE E GOL DE EMPATE

O Brasil de Pelotas estava conseguindo suportar a pressão e tudo indicava que iria descer para o intervalo com o empate, mas tudo mudou aos 38 minutos. Para parar um ataque do Confiança, Ícaro deu uma cotovelada em Daniel Penha. O zagueiro foi imediamente expulso pelo árbitro.

Na cobrança da infração, Álvaro acertou o travessão. No rebote, o zagueiro do Confiança Victor Sallinas, que tinha feito o gol contra, subiu mais que todo mundo e testou a bola de novo na trave.

O Confiança intensificou a pressão nos acréscimos e deu resultado. Aos 47, após cobrança de escanteio, começa um bate-rebate dentro da área. A bola sobrou para Neto Berola que colocou a bola para dentro do gol: 1 a 1.

DRAGÃO VOLTA DO INTERVALO PRESSIONANDO; XAVANTE RESPONDE À ALTURA

No segundo tempo, o Confiança voltou com sangue nos olhos atrás do gol da virada. Foram 10 minutos de intensa pressão, mas faltou aos atacantes do time sergipano calibrarem melhor o pé na hora da finalização.

Mesmo com 10 em campo, a reposta do Xavante veio à altura. Aos 11 minutos, Lucas Santos criou quizomba na defesa do Confiança e conseguiu finalizar, mas o goleiro do Dragão Rafael Santos estava bem colocado e evitou o gol dos visitantes.

BLITZ DO CONFIANÇA; GOLEIRO SALVA O BRASIL DE PELOTAS

O time do Confiança partiu para cima em busca da virada e teve ótimas oportunidades para isso, mas o goleiro Matheus Nogueira e o travessão evitaram que Álvaro e Alex Henrique virassem a partida a favor do Dragão.

O Brasil de Pelotas fazia o possível para segurar a pressão do Confiança no fim do jogo. O time Sergipano ainda conseguiu criar outras ótimas oportunidades no fim da partida, mas o goleiro Matheus Nogueira e a defesa do Xavante evitaram a virada.

CONFIANÇA 1 x 1 BRASIL DE PELOTAS - CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE B

Estádio: Batistão, em Aracaju (SE)

Data: 15 de junho de 2021, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Diego Fernando Silva de Lima (PE)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)

Cartões amarelos: Caíque Sá, Isaque, Nirley, Luciano Juba, Bruno Sena (CON), Héverton (BRA)

Cartões vermelhos: Ícaro (BRA)

GOLS: Victor Sallinas, 12'/1ºT (gol contra) (BRA), Neto Berola, 47'/1ºT (CON)

CONFIANÇA (Técnico: Rodrigo Santana)

Rafael Santos; Caíque Sá (Marcelinho, no intervalo), Isaque (Nirley, no intervalo), Victor Sallinas e Luciano Juba; Bruno Sena (Luidy, no intervalo), Serginho (Willians Santana, aos 41'/2ºT) e Daniel Penha; Neto Berola (Cristiano, aos 19'/2ºT), Alex Henrique e Álvaro.

BRASIL DE PELOTAS (Técnico: Cláudio Tencati)

Matheus Nogueira; Vidal, Ícaro, Leandro Camilo e Artur; Rômulo, Bruno Matias, Lucas Santos (Matheuzinho, aos 31'/2ºT) e Gabriel Terra (Héverton, aos 41'/1ºT); Welinton (Fabrício, no intervalo) e Ramon (Pierini, aos 31'/2ºT).

Lance!
Publicidade
Publicidade