0

Fortaleza sai atrás, mas busca empate contra o Ceará no clássico

17 mar 2019
20h09
  • separator
  • comentários

Na noite deste domingo, Ceará e Fortaleza fizeram mais um clássico, desta vez válido pela Copa do Nordeste. No segundo encontro neste ano, os times ficaram novamente no empate, agora por 1 a 1. Os gols foram marcados por Felipe Baxola e Ederson.

No primeiro tempo, o Vozão foi bem melhor, teve as principais chances da partida, perderam boas chances e abriram o placar. Na etapa final, o Leão do Pici teve superioridade e, merecidamente arrancou um empate diante de seu maior rival no Castelão.

Com o resultado, o time dirigido por Rogério Ceni está na liderança do Grupo A com nove pontos. O Vovô ocupa a segunda posição do Grupo B, com 12 pontos ganhos.

Na quarta-feira, os comandados de Lisca voltam a campo pelo Campeonato Cearense, contra o Ferroviário, às 21h30 (horário de Brasília). No mesmo dia e horário, o Fortaleza pega o Floresta.

Ceará martela e sai em vantagem

Tocando a bola, como já é de praxe, o Fortaleza teve sua primeira chance logo no primeiro minuto. Osvaldo mandou na área para Edinho, mas o meia acabou desperdiçando a chance, mesmo sozinho.

Aos 15 minutos, o Ceará teve também uma chance claríssima ao seu favor. Após chute de fora da área bloqueado, a bola sobrou para o atacante Roger. Entretanto, com a perna esquerda, o centroavante bateu muito mal e perdeu, desesperando a torcida.

Porém o Vozão começou a crescer e pressionar o maior rival. Felipe Baxola invadiu a área e obrigou Marcelo Boeck a fazer incrível defesa. Praticamente na sequência, a defesa errou, mas Samuel Xavier acertou a trave.

O Ceará seguia mandando no confronto, e em contra-ataque bem elaborado, Roger teve outra chance, mas parou novamente no goleiro Boeck. Até que finalmente saiu o gol. Aos 39 minutos, em escanteio cobrado, Quintero cabeceou para trás. Felipe Baxola sozinho bateu forte e abriu o placar.

O gol serviu para o time comandado por Rogério Ceni buscar a reação. Antes do final do primeiro tempo, Edinho arriscou de fora da área. Dessa vez, Richard salvou o Vovô ao fazer bela defesa.

Fortaleza busca o empate e briga entre os jogadores marca o segundo tempo

Na etapa complementar, o Leão do Pici se arriscou e por pouco não empatou aos dois minutos. Em bola cruzada para a grande área, Júnior Santos recebeu livre, sem goleiro, mas em tentativa de dar um voleio, a bola bateu na canela e foi para fora do gol.

De tanto pressionar, aos 12 minutos, o time de Rogério Ceni chegou ao gol de empate. Osvaldo foi à linha de fundo e cruzou na medida para Ederson cabecear e deixar tudo igual no Castelão. A partir de então, o Tricolor esteve mais presente no campo de ataque, enquanto a equipe de Lisca queria o contra-golpe.

Aos 28 minutos, Leandro Carvalho teve boa chance de desempatar o clássico, mas parou em Marcelo Boeck, que quando vinha sendo exigido, correspondia. No final da partida, houve uma confusão, com os jogadores trocando socos. Derley e Leandro Carvalho, pioneiros da treta foram expulsos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade