PUBLICIDADE

Ceará vence Independiente na Argentina e vai às oitavas da Sul-Americana

Rodrigo Lindoso e Mendoza fizeram os gols do jogo

25 mai 2022 23h56
| atualizado às 23h59
ver comentários
Publicidade
Jogadores do Ceará celebram gol marcado contra o Independiente (AFP)
Jogadores do Ceará celebram gol marcado contra o Independiente (AFP)
Foto: Lance!

Na Argentina, o Ceará conseguiu uma vitória histórica nesta quarta-feira, 25, ao fazer 2 a 0 no Independiente, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Os gols do jogo foram de Rodrigo Lindoso, já nos acréscimos da etapa inicial, e Mendoza, no segundo tempo.

Dessa forma, o Vozão garantiu os 100% de aproveitamento (18 pontos de 18 possíveis) e a melhor campanha da história de um time no novo formato da competição, à espera o sorteio para saber quem será seu adversário nas oitavas de final.

CONTROLOU BEM

O começo do jogo na Argentina mostrou o Independiente mais disposto, uma vez que precisava da vitória. Logo no primeiro minuto, Benegas levou perigo a João Ricardo, que mais tarde também defendeu chute de Soñora.

Apostando nos contra-ataques e nas jogadas pela esquerda, o Ceará quase abriu o placar. Vina recebeu de frente para o gol e, de carrinho, tirou do goleiro Sosa, mas também da rede, mandando ao lado da trave direita da meta.

VOZÃO NA FRENTE!

Ao longo da primeira etapa, o Ceará conseguiu controlar bem o ímpeto e as ações ofensivas do Independiente. Assim, novamente por meio do contra-ataque, o Vozão teve a chance de sair na frente. Mendoza deixou Vina de frente para Sosa, mas o atacante bateu em cima do goleiro.

Em resposta à chance dos brasileiros, o Independiente deu trabalho para João Ricardo do outro lado. Em cruzamento na área, Inssauralde cabeceou e o goleiro do Vozão voou para espalmar. Nos acréscimos veio o tão esperado gol do Ceará. Após cobrança de falta na área, a bola se ofereceu para Rodrigo Lindoso, que bateu cruzado e levou o 1 a 0 para o intervalo.

POUCA EMOÇÃO, ATÉ QUE...

O segundo tempo em Avellaneda foi de muita disputa e poucas finalizações. O Independiente tentou propor o jogo e furar o bloqueio defensivo do Ceará, mas não conseguiu levar perigo real ao gol defendido por João Ricardo.

Por sua vez, o Ceará se fechou e buscou continuar explorando os contra-ataques. A premiação veio aos 45 minutos, quando Erick serviu Mendoza. O colombiano dominou e soltou o pé no canto esquerdo alto de Sosa para decretar a vitória por 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE 0 X 2 CEARÁ

Local: Libertadores de América, em Buenos Aires (ARG)

Data e hora: 25/05/2022 - 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Chrystian Ferreira (URU)

Assistentes: Horacio Ferreiro (URU) e Augustín Berisso (URU)

Cartões amarelos: Benegas, Vigo, Insaurralde, Rodrigo Márquez (Independiente), Vina, Rodrigo Lindoso, Richardson, Lima (Ceará)

GOLS: Rodrigo Lindoso (49'/1°T) (0-1), Mendoza (45'/2°T) (0-2)

INDEPENDIENTE (Técnico: Eduardo Domínguez)

Sebastián Sosa; Vigo (Rodrigo Márquez, aos 19'/2°T), Barreto, Insaurralde e Lucas Rodríguez (Togni, aos 19'/2°T); Lucas Romero, Blanco, Soñora, Roa (Leandro Fernández, aos 0'/2°T) e Batallini (Pozzo, aos 0'/2°T); Benegas.

CEARÁ (Técnico: Dorival Júnior)

João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio e Victor Luis (Lucas Ribeiro, aos 46'/2°T); Richardson (Wescley, aos 46'/2°T), Rodrigo Lindoso e Richard Coelho (Bruno Pacheco, aos 28'/2°T); Lima (Erick, aos 28'/2°T), Mendoza e Vina (Cléber, aos 37'/2°T).

Lance!
Publicidade
Publicidade