PUBLICIDADE

Piloto vive decepção após viajar mil quilômetros para correr Indy 500 e Nascar no mesmo dia

‘Se transformou em um dos dias mais decepcionantes que vivi’, escreveu Kyle Larson

27 mai 2024 - 16h49
(atualizado às 18h53)
Compartilhar
Exibir comentários
Kyle Larson completou as 500 Milhas de Indianapolis na 18ª colocação
Kyle Larson completou as 500 Milhas de Indianapolis na 18ª colocação
Foto: Reprodução/X/Kyle Larson

O piloto Kyle Larson viajou cerca de mil quilômetros no domingo, 26, em uma tentativa surpreendente de correr as 500 Milhas de Indianápolis, da IndyCar, e a Charlotte 600, da Nascar, no mesmo dia. A aventura, no entanto, terminou de maneira decepcionante para o norte-americano de 31 anos. 

Tudo começou na tarde de domingo. Primeiro, por causa da chuva, a tradicional corrida de Indianápolis começou com algumas horas de atraso. Apesar de indícios de que seus planos poderiam ser frustrados, ele optou por entrar na pista e completou a prova na 18ª colocação.

Com o tempo de viagem reduzido, Larson pegou um helicóptero rumo ao aeroporto mais próximo e, de lá, um avião para Charlotte, na Carolina do Norte, onde estava marcado para ser realizada a disputa da Nascar.

O piloto norte-americano, então, chegou a tempo no circuito de Charlotte Motor Speedway e até vestiu o macacão para entrar no carro da Hendrick para o terceiro estágio da corrida. A chuva, porém, frustrou a aventura do campeão da Nascar Cup Series de 2021.

Com os raios na pista, a disputa foi inicialmente paralisada por cerca de 1 hora e, por fim, encerrada, sem que Larson conseguisse entrar em ação. Christopher Bell foi declarado vencedor. 

Aventura virou decepção

Sem esconder a decepção, Larson foi às redes sociais nesta segunda-feira, 27, para desabafar sobre o ocorrido e se desculpar com algumas pessoas que participaram daquele que se transformou “um dos dias mais decepcionantes” de sua vida.

“O que eu pensei que poderia ser um dos melhores dias da minha vida rapidamente se transformou em um dos mais decepcionantes que já vivi. Lamento por Rick Hendrick, Jeff Gordon, todos da equipe, minha família, amigos, meus fãs e por toda a equipe de documentários que me acompanhou nos últimos oito meses. Tanto tempo, dinheiro e esforço investidos para acabar como acabou. Sinto que decepcionei tantas pessoas”, lamentou o piloto.

Larson, aliás, reconheceu que sabia da possibilidade de o clima estragar a aventura. No entanto, ele destacou a dificuldade de ver isso se tornando realidade.

“Sempre soubemos que o tempo poderia acabar com tudo, mas ver isso se tornar realidade é horrível. Até domingo, foi realmente uma das melhores experiências da minha vida. Não consigo descrever o quão grato estou pelo apoio de todos para viver esse sonho. Espero que não seja a última oportunidade de tentar a rodada dupla. Mas, se for, acho que foi memorável”, completou o piloto.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade