PUBLICIDADE

Red Bull diz que Bottas cometeu "erro de kartista" e que Verstappen teve "meio carro"

Valtteri Bottas praticamente acabou com a corrida da Red Bull ao causar um acidente dos grandes na curva 1 do Hungaroring. Christian Horner, chefe de equipe, deixou clara sua frustração

1 ago 2021 13h30
| atualizado às 13h32
ver comentários
Publicidade
Bottas fez vítimas na largada
Bottas fez vítimas na largada
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

O sonho de uma volta por cima da Red Bull no GP da Hungria foi pelo ralo ainda na largada deste domingo (1°), com Valtteri Bottas abalroando Max Verstappen e Sergio Pérez numa tacada só. O momento é de frustração, com o chefe Christian Horner definindo o erro do finlandês da Mercedes como no nível de um kartista.

"É frustrante", resumiu Horner, entrevistado pela Sky Sports britânica. "O Valtteri claramente teve uma largada ruim e parece que ele cometeu um erro de julgamento na curva 1. É um erro de kartista, tentando recuperar tudo de uma vez. Isso acabou eliminando nossos dois carros", seguiu.

Pérez tentou continuar, mas teve de abandonar. Verstappen seguiu em frente, com a Red Bull fazendo alguns ajustes durante a bandeira vermelha. Ainda assim, Horner sente que problemas com o motor e com perda de downforce deixaram o carro #33 no nível de uma Haas.

Valtteri Bottas atingiu Lando Norris em cheio, depois acertando Max Verstappen e Sergio Pérez
Valtteri Bottas atingiu Lando Norris em cheio, depois acertando Max Verstappen e Sergio Pérez
Foto: Reprodução/F1 / Grande Prêmio

"Parece que teremos custos com os motores do Sergio e do Max. Os mecânicos operaram um milagre ao colocar o carro na pista, com temperaturas altíssimas [no motor]. Ele estava correndo com meio carro. Não tínhamos bargeboard do lado direito e provavelmente estávamos com menos downforce que o Mick Schumacher. Eles [mecânicos] mataram a pau. Consertaram o carro e fizeram o pit-stop mais rápido para salvar 1 ponto", seguiu.

O ponto de Verstappen é melhor do que nada, mas não impede uma virada no Mundial de Pilotos. Lewis Hamilton, terceiro colocado, soma 15 tentos e vira líder com 6 de vantagem. Mais à frente, uma corrida memorável: Esteban Ocon segurou Sebastian Vettel do começo ao fim e alcançou a primeira vitória na F1.

A próxima etapa da F1 é o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. A corrida está marcada para 29 de agosto.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade