PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-MG

Favoritar Time

Atlético-MG oficializa saída de Cuca e quer técnico à altura

Treinador também afirmou que não iria trabalhar em nenhum outro clube em 2022, para se dedicar unicamente às questões familiares

28 dez 2021 12h30
| atualizado às 12h51
ver comentários
Publicidade

O Atlético-MG anunciou oficialmente a saída do técnico Cuca. Após conquistar os Campeonatos Mineiro e Brasileiro e a Copa do Brasil em 2021, o treinador alegou, apesar disso, problemas pessoais e o clube informou que a decisão era "irretratável".

Cuca levou o Atlético-MG ao título brasileiro após 50 anos Divulgação/Atlético-MG
Cuca levou o Atlético-MG ao título brasileiro após 50 anos Divulgação/Atlético-MG
Foto: Divulgação / Atlético-MG

Segundo a nota, "o treinador também afirmou que não iria trabalhar em nenhum outro clube em 2022, para se dedicar unicamente às questões familiares".

Cuca tinha contrato com os mineiros até 2022. Aos 58 anos, teve sua segunda passagem pelo clube bem-sucedida. Na primeira vez à frente do time, faturou a histórica Copa Libertadores de 2013 e as edições de 2012 e 2013 do Campeonato Mineiro.

De acordo com o empresário do clube, Rubens Menin, não foi, contudo, surpresa receber a notícia. Antes de tudo, o treinador tinha sinalizado a diretoria de sua saída.

"Ele nos falou que tinha um problema pessoal e precisava resolver, ficar algum tempo fora do futebol. Foi o que aconteceu. Ele já tinha dado uma sinalização para nós dias antes de que poderia não ficar", disse, em entrevista ao MG Superesportes.

O dirigente integra o grupo "4 R's", formado ainda pelos empresários Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador.

Olho no futuro

Em primeiro lugar, Atlético-MG terá que superar a saída de Cuca e, então, ir ao mercado em busca de outro comandante. Jorge Jesus está livre após o Benfica anunciar a rescisão de contrato com o técnico, que é uma das opções do time. Segundo Menin, o clube procura alguém "à altura" de Cuca.

"O Cuca é um grande treinador, sem dúvidas. O Atlético vai ter que arrumar um técnico à altura, porque o elenco exige isso. Não vamos colocar qualquer treinador tendo um elenco como este. O Atlético tem um grande plantel, tem estrutura, e temos que achar um técnico à altura do Cuca. O nosso elenco é de muito gabarito e precisa de um grande técnico", disse.

"Não vou entrar nisso [na discussão sobre Jorge Jesus]. Vou deixar para o Rodrigo Caetano e para o presidente Sérgio Coelho. Acho melhor deixar essa decisão para a turma do futebol", finalizou Rubens.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade