PUBLICIDADE

Moedas: dólar recua ante outras divisas principais, com foco em postura do Fed

28 jul 2021 17h26
ver comentários
Publicidade

O dólar caiu ante outras moedas fortes, com investidores atentos aos sinais da política monetária nos Estados Unidos. Como esperado, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) manteve a política monetária, com o presidente da instituição, Jerome Powell, mostrando-se em geral otimista com a retomada, mas afirmando que ainda é preciso manter o apoio no quadro atual, antes de conduzir um gradual aperto adiante.

No fim da tarde em Nova York, o dólar subia a 109,92 ienes, o euro avançava a US$ 1,1846 e a libra tinha alta a US$ 1,3905. O índice DXY, que mede o dólar ante uma cesta de outras divisas principais, caiu 0,12%, a 92,322 pontos.

No início do dia, o DXY avançava, com investidores já à espera do Fed. Após a decisão e em meio a entrevista coletiva de Powell, o sinal se inverteu. O presidente do BC reafirmou a postura de se esperar até que ocorra "progresso substancial" rumo às metas de inflação e emprego até que comece o aperto da política monetária. Powell também comentou que os dirigentes têm discutido o momento adequado para começar a redução gradual nas compras de bônus ("tapering"), mas ressaltou que não há até o momento decisão sobre o assunto.

A Pantheon aponta que o Fed vê progressos na economia, mas não a ponto de anunciar o tapering. Para o CIBC, a reunião de hoje foi "pouco decisiva", mas o tapering pode ser anunciado em setembro. A Capital Economics viu um "pequeno passo" nessa direção, no fato de que o Fed anunciou progresso rumo a suas metas. A Stifel, por outro lado, destaca em relatório que Powell citou na coletiva que, diante dos problemas na economia global, a inflação poderia ficar mais alta e ser mais persistente do que o esperado. Nesse caso, Powell ressaltou que o Fed agirá para conter o quadro nos preços.

Estadão
Publicidade
Publicidade