PUBLICIDADE

Franquia light: conheça as características deste modelo de negócio

9 nov 2015
0comentários
Publicidade

Você quer entrar no mercado de franchising, mas acha os custos iniciais muito elevados? Uma boa opção pode ser apostar em uma franquia light. Não sabe o que é isso? Contamos a seguir.

O que é uma franquia light

Franquia light é um novo modelo de negócio, que tem ganhado força na área de franchising. Seu diferencial é que os custos iniciais para se tornar um franqueado são reduzidos, ou então as despesas para manter a estrutura. Geralmente, as franquias desse tipo têm lojas de tamanho menor, com menos equipamentos e menor necessidade de funcionários.

“São modelos mais light, como o nome diz, para que o franqueado tenha retorno mais rápido do investimento, e que são tão interessantes quanto uma loja completa”, diz Fabiana Estrela, diretora regional sul da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Não existe um modelo único de franquia light. Trata-se de uma versão simplificada da operação padrão da rede, mas pode ser um quiosque, uma loja que ofereça uma seleção mais concentrada de produtos ou até uma loja multicanal que trabalhe ao mesmo tempo o ponto de venda e a internet, com o espaço físico servindo de “showroom” para o cliente conhecer e testar produtos antes de comprar pela internet.

Vale lembrar que a franquia light não necessariamente tem uma taxa de franquia inicial muito menor – pode até ser semelhante -, mas a vantagem financeira se dará a longo prazo, com menores custos, menor necessidade de manter de estoques e menor demanda de gestão.

Franquia light é uma versão compacta com menores custos iniciais em relação ao modelo de franchising tradicional. Foto: iStock, Getty Images
Franquia light é uma versão compacta com menores custos iniciais em relação ao modelo de franchising tradicional. Foto: iStock, Getty Images
Foto: Destino Negócio

Franquia light é uma versão compacta com menores custos iniciais em relação ao modelo de franchising tradicional. Foto: iStock, Getty Images

Porta de entrada para a franquia

É justamente pelo fato de a franquia light ter uma estrutura de gestão enxuta que esse modelo pode ser considerado ideal para quem deseja entrar no mundo do franchising mas não tem muita experiência.

“Para o franqueado que está começando, por mais que se tenha capacitação, vai demorar de dois a três anos para que ele andar com as próprias pernas”, diz Fabiana. “Ao simplificar o modelo de gestão, consegue-se que o franqueado aprenda mais rápido e agiliza-se o processo de decisão, que é fundamental para trazer resultado”, complementa.

Por outro lado, a franquia light também é uma boa opção para redes que desejam instalar novas lojas em locais ainda não explorados, como cidades do interior ou bairros periféricos ou menos movimentos de capitais. Nessas regiões, a empresa imagina que uma operação plena não seria sustentável.

Mas estas operações também cabem em shoppings de grande movimentação em grandes centros. Geralmente, um aluguel nesses espaços é altíssimo, e a franquia light pode ser uma opção melhor para quem se preocupa com faturamento por metro quadrado. “Em alguns casos, pode ser muito melhor abrir três franquias light do que uma mega”, pondera Fabiana.

Case de franquia light

Um exemplo criativo de franquia light do mercado brasileiro é a marca Love Brands, que na verdade combina três marcas em uma só: as redes de acessórios femininos Balonè, de roupas íntimas Puket e de fun design Imaginarium.

Com o objetivo de baratear os custos iniciais para quem deseja investir em um mix de produtos diversificados, as empresas se juntaram para lançar um modelo compacto de franquia com a promessa de alta rentabilidade.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Publicado em Franquia light: conheça as características deste modelo de negócio por Destino Negócio.

Destino Negócio
Publicidade
Publicidade