PUBLICIDADE

Família mais rica do Reino Unido pagava R$ 50 a cada 18 horas trabalhadas para empregados

Membros da família Hinduja são investigados por exploração de mão de obra e tráfico humano

21 jun 2024 - 10h04
(atualizado às 10h16)
Compartilhar
Exibir comentários
Prakash Hinduja faz parte da família mais rica do Reino Unido
Prakash Hinduja faz parte da família mais rica do Reino Unido
Foto: Sanjeev Verma/Getty Images

A família mais rica do Reino Unido está sendo acusada de exploração de mão de obra e tráfico humano. Os Hinduja enfrentam julgamento desde a segunda-feira, 17, na Suíça. Quatro membros da família respondem criminalmente a denúncia, segundo informações da Bloomberg

O esquema funcionava de forma simples. Os bilionários traziam empregados da Índia para cuidar de suas casas e filhos e, quando eles chegavam lá, tinham o passaporte confiscado e eram proibidos de sair sem autorização. 

Além do cerceamento na liberdade de locomoção, os Hinduja também não remuneravam corretamente seus funcionários.

De acordo com a Bloomberg, Prakash e Kamal Hinduja, o filho Ajay e sua esposa Namrata pagavam sete francos suíços (quase R$ 50) por dia trabalhado, com jornadas diárias de até 18 horas. Os patrões, muitas vezes, também os remuneravam em Rupia Indiana, moeda desvalorizada na Europa.

Hindujas já se encontraram com a família real britânica
Hindujas já se encontraram com a família real britânica
Foto: Dave Benett/Getty Images

Os valores são ínfimos se comparado ao patrimônio da família. Donos do conglomerado de empresas Hinduja, os indianos têm uma fortuna avaliada em cerca de £ 37 bilhões (R$ 253,4 bilhões).

Além disso, a promotoria também fez questão de destacar a diferença dos gastos com os cachorros da casa em comparação aos funcionários. Com o animal de estimação, os Hinduja gastavam pouco mais de 8.500 francos suíços (aproximadamente R$ 52 mil) por ano. Já com os empregados, o salário anual era bem abaixo: R$18.250. Isso contando que a pessoa trabalharia todos os 365 dias do ano, segundo o India Today

Julgamento 

No julgamento, que acontece durante esta semana, o promotor Yves Bertossa pediu cinco anos e meio de prisão para Prakash e Kamal, enquanto Ajay e sua esposa tiveram a pena solicitada em quatro anos. Se condenados, os bilionários também deverão indenizar os ex-funcionários em 3,5 milhões de francos suíços (R$ 21,4 milhões), além de um milhão de francos (R$ 6,1 milhões) para cobrir custos do processo. As informações são do Daily Mail

De ex-condenado a bilionário: conheça o homem que construiu uma fortuna de US$ 10 bi vendendo carros usados De ex-condenado a bilionário: conheça o homem que construiu uma fortuna de US$ 10 bi vendendo carros usados

Por outro lado, a defesa de Ajay Hinduja argumenta que a jornada de 18 horas não é verdade e que o valor oferecido aos funcionários não deve ficar restrito apenas ao salário em dinheiro, já que, segundo os advogados, a família custeava a acomodação e a alimentação. A equipe jurídica dos Hinduja ainda ressaltaram que não estariam envolvidos na contratação e na rotina dos empregados.

À Forbes, um dos advogados da família afirmou que a acusação criminal seria excessiva e insinuou que o promotor do caso estaria sendo tendencioso.

Conheça 5 marcas de luxo que apostam no público brasileiro Conheça 5 marcas de luxo que apostam no público brasileiro

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade