PUBLICIDADE

Embraer: AGE aprova cisão parcial da Yaborã, com incorporação da parcela cindida

30 nov 2021 20h00
ver comentários
Publicidade

A Embraer comunicou ao mercado que a cisão parcial da Yaborã, com incorporação da parcela cindida pela companhia, foi aprovada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) promovida nesta terça-feira. A operação tem eficácia a partir de 1º de janeiro de 2022.

A cisão parcial com incorporação permitirá que o negócio de aviação comercial seja reintegrado pela Embraer, o que será vantajoso à companhia e, consequentemente, para seus acionistas, segundo o comunicado divulgado nesta terça-feira, 30.

"Uma vez que, concluída a operação, o negócio de aviação comercial voltará a ser desenvolvido diretamente pela Embraer, resultando na redução de custos operacionais, sistêmicos, administrativos e tributários", explica a companhia.

A empresa de aviação informa ainda que a reorganização estrutural decorrente operação requer a integração dos sistemas de tecnologia da informação da Embraer e da Yaborã, o que ocorrerá durante o mês de janeiro de 2022. Durante o período, haverá redução nas atividades da companhia, sem prejuízo da continuidade das operações essenciais

Estadão
Publicidade
Publicidade