PUBLICIDADE

Quanto custa uma loja de rede famosa ou novidade em cafeteria

Bebida mais apreciada no Brasil é também oportunidade de negócio; Veja quanto custa uma loja de famosas redes de café

6 jul 2022 - 06h15
Ver comentários
Foto: Divulgação

O café é a bebida mais consumida no Brasil, depois da água, e, segundo pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), de 2021, a bebida continua sendo a bebida mais apreciada. O levantamento mostrou que o consumidor tem uma relação emocional e afetiva com o produto e que a experiência de beber café é um dos prazeres da vida, além de uma forma de melhorar o humor e a disposição. 

O hábito nacional é também uma oportunidade de negócio. Com investimento a partir de R$ 140 mil é possível investir em diversos tipos de franquias que envolvem o hábito de tomar um cafezinho. Veja abaixo quanto custa investir em grandes redes já consolidadas e também novidades no setor. 

Biscoitê

Fundada em 2012, a Biscoitê é uma rede especializada em biscoitos finos. A entrada da rede no franchising aconteceu em 2016 e atualmente, conta com cerca de 32 pontos de venda distribuídos entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. O investimento inicial na rede é de R$ 150 mil, no modelo carrinho; e R$ 250 mil nos modelos loja ou quiosque com café. 

Foto: Divulgação

Casa Bauducco 

A Casa Bauducco, unidade de negócios de produtos forneados artesanais pertencente à Pandurata Alimentos, também proprietária da Bauducco, completa dez anos no mercado de franquias. Para proporcionar um atendimento personalizado aos diferentes perfis de público, a Casa Bauducco traz serviços flexíveis e específicos para cada perfil de loja. Por exemplo, as unidades instaladas em hospitais oferecem opções de desjejum, sem glúten, sem lactose e pratos kosher (judaicos). 

Valores estimados de investimento em modelos diferentes de lojas da Casa Bauducco:
Loja: em torno de R$ 550/ R$ 600 mil
Quiosques: R$ 450mil
Tuk tuk: R$ 250 mil
Compacto: R$ 180 mil

Foto: Divulgação

Fábrica de Bolo Vó Alzira / Vó Alzira Café 

A Fábrica de Bolo Vó Alzira foi inaugurada em 2007 e hoje tem mais de 300 pontos ativos em todo o Brasil. A franquia tem como diferencial a não cobrança de royalties.

A nova marca do grupo, a Vó Alzira Café, conta com uma fábrica com capacidade para produzir até 200 toneladas de produtos de confeitaria por mês, com produção 100% verticalizada. Sete operações já estão abertas no Rio de Janeiro e há ainda 14 unidades em implantação. 

Fábrica de Bolo Vó Alzira:
Modelo Compact - Investimento estimado de R$ 190 mil
Modelo Hiper/Mall - Investimento estimado de R$ 215 mil

Vó Alzira Café:
Quiosque - Investimento estimado de R$ 230 mil
Loja - Investimento estimado de R$ 300 mil

Grão Espresso

A rede Grão Espresso surgiu em 1992 quando a operação era realizada em pequenos carrinhos autossuficientes. Em 1994, houve a oportunidade de abrir a primeira cafeteria no Shopping D, e em 1995, foi inaugurada a primeira loja franqueada. Atualmente a rede conta com 180 lojas em operação, estando presente em 23 estados do Brasil, preparando mensalmente mais de 1 milhão de expressos e atendendo a mais de 20 milhões de clientes anualmente. 

Quiosque - Investimento estimado de R$ 140 mil
Loja Confinada (Rua/ Hospital/ Empresas) - Investimento estimado de R$ 220 mil
Shopping - Investimento estimado de R$ 280 mil

Foto: Divulgação

Pablo Ba

Criada pelo argentino Mariano Grosso, a rede de franquias é especializada no doce pavlova, e também comercializa suspiros doces e salgados e cafés. Atualmente, conta com três operações, em São Paulo.

Investimento: R$ 287 mil (loja) e R$ 149 mil (quiosque), incluindo taxa de franquia. 

Foto: Divulgação

Splash Bebidas Urbanas

A Splash Bebidas Urbanas é uma rede de franquia de cafeterias, fundada em São Paulo, no ano de 2018. No cardápio tem doces, salgados, sodas italianas, cafés e opções veganas, atendendo a diversos públicos a qualquer momento do dia. O carro-chefe é o frappè, batizado de Fraplash. Atualmente tem 51 unidades ativas. O valor de investimento em uma loja da rede é de R$ 200 mil. 

Redação Dinheiro em Dia
Publicidade
Publicidade