PUBLICIDADE

Como viajar sozinho? Confira dicas para economizar antes e durante uma viagem

Veja dicas para viagens com mais economia com base na experiência de quem já morou fora e visitou mais de 20 países

11 dez 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Primeiro passo para quem está planejando fazer uma viagem é escolher uma boa época do ano para o destino desejado
Primeiro passo para quem está planejando fazer uma viagem é escolher uma boa época do ano para o destino desejado
Foto: Getty Images

O final de ano chegou e muitas pessoas começam a planejar como será o próximo ano. Quem não conseguiu tirar aquela tão sonhada viagem do papel ao longo de 2023, por exemplo, certamente buscará fazer em 2024. Como o ano tem 12 meses, tempo para organizar a viagem – seja para o exterior ou no território nacional – não vai faltar. 

Com a experiência de ter morado fora e visitado mais de 20 países, Larissa Arrivabene, de 32 anos, conta como é realizar uma viagem sozinha em conversa com o Terra.

Larissa é natural de Vila Velha, no Espírito Santo, e cria conteúdo de viagens diariamente em sua página no Instagram (@rotinaviajante). A reportagem conversou com a capixaba para saber como viajar com mais economia e segurança.

“Viajei para o exterior pela primeira vez aos 16 anos. Fui em uma excursão para conhecer a Disney, em Orlando, e Miami [ambos nos Estados Unidos]. Depois, fiz dois intercâmbios durante a faculdade: o primeiro foi um estágio na Tunísia e o segundo foi na Inglaterra”, detalha Larissa, que ainda revelou qual forma de viajar prefere.

“Sou adepta a fazer viagens de mochilão, pois acredito que esta seja a melhor forma de conhecer mais lugares de uma só vez de maneira mais econômica e imersiva”, revela.

Entre os países que já visitou estão: Áustria, Alemanha, Bélgica, Argentina, Escócia, Espanha, Eslováquia, EUA, França, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Inglaterra, Marrocos, País de Gales, Polônia, Portugal, República Tcheca e Tunísia. “Hoje em dia, a maioria das minhas viagens é solo. A última viagem sozinha foi um mochilão pela Argentina em maio deste ano.”

Larissa Arrivabene em Salta, na Argentina
Larissa Arrivabene em Salta, na Argentina
Foto: Divulgação

Conforme sugere a viajante, o primeiro passo para quem está planejando fazer uma viagem é escolher uma boa época do ano para o destino desejado. “Esboce um roteiro com os destinos que deseja conhecer. É importante escolher destinos em que a melhor época seja compatível com esse período. Assim, você evita experiências ruins como, por exemplo, pegar temporada de chuvas e furacões”. 

Em seguida, Larissa Arrivabene indica partir para o orçamento. “Pesquise as passagens, os deslocamentos internos e as hospedagens de cada lugar. Faça uma estimativa de gastos com alimentação, atrações, transporte local e outros custos. Anote tudo numa planilha e você terá o que eu chamo de 'cofrinho' da viagem. Faça um planejamento financeiro para chegar nesse valor e ter certeza que pode investir na viagem sem comprometer suas finanças”.

É possível economizar dinheiro também quando as passagens são compradas com estratégia, como é o caso da Passagem Aberta, em que é possível conhecer dois países pelo preço de um, ou da Passagem Ampliada, que você pode visitar uma cidade de graça e ampliar sua viagem sem custo.

“Outra forma é o voluntariado, em que você troca suas habilidades por hospedagem e alimentação”, indica.

Sobre as vantagens e desvantagens em viajar sozinho(a), a capixaba aponta algumas: “A maior vantagem é ter liberdade de escolha e não depender de ninguém para fazer o que tem vontade. Além disso, você tem mais oportunidade de fazer novas amizades e até praticar um idioma. A desvantagem é que, em certos lugares, algumas despesas saem mais caras para uma pessoa – como em refeições, passeios ou Uber.” 

Segurança 

Além de economizar antes e durante uma viagem, outro componente importante para ter em mente é a segurança. A dica de Larissa Arrivabene é não viajar sem um bom planejamento para não ter surpresas desagradáveis e passar perrengue durante a viagem. 

“Segurança em primeiro lugar. Evite contar para qualquer pessoa que está viajando sozinha, mantenha contato com familiares e amigos próximos, informando o seu paradeiro, e nunca dê bobeira com os seus documentos e pertences. No mais, vá com a mente aberta, busque compreender a cultura local e se permita viver essa experiência, pois tenho certeza que será muito enriquecedora”, conclui.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade