5 eventos ao vivo

Com gravata de R$ 46 mil, bens de Clodovil arrecadam R$ 370 mil

13 abr 2012
08h53

O leilão de 158 peças do ex-deputado Clodovil Hernandes - falecido há cerca de três anos - que ocorreu na noite de quinta-feira na Casa 8 Leilões, em São Paulo, foi supreendente para os organizadores. Segundo a advogada Maria Hebe Pereira de Queiroz - responsável pela administração dos bens do estilista - o número de pessoas que compareceram e o valor arrecadado (em torno de R$ 370 mil) ficaram acima do esperado.

"O leilão foi muito além do que a gente imaginava. Esperávamos arrecadar cerca de R$ 160 mil, mas conseguimos algo em torno de R$ 370 mil. Desse montante, eu tiro 20% do leiloeiro, e assim que eu vender a casa de Cotia (avaliada em R$ 560 mil), vou analisar as dívidas, que giram em torno de R$ 320 mil, e começar a quita-las", afirmou a advogada.

Dentre os itens que foram ofertados, a gravata borboleta montada em ouro branco, cravejada com 1.095 diamantes, de 71,1 gramas , que teve lance inicial de R$ 10.860,00, foi o item que alcançou o maior montante no leilão, vendido por R$ 46 mil. Além da gravata, um piano, leiloado por R$ 30.500, que pertencia ao ex-deputado, foi outro destaque no leilão, que ocorreu graças a uma odem judicial.

Os bens alcançaram cerca de R$ 370 mil
Os bens alcançaram cerca de R$ 370 mil
Foto: Reprodução
Fonte: Terra
publicidade