0

Após briga tarifária com EUA, Reino Unido diz que taxas adicionais prejudicariam empresas e consumidores

22 jan 2020
13h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Tarifas adicionais entre o Reino Unido e os Estados Unidos não seriam do interesse de empresas e consumidores, disse o porta-voz do primeiro-ministro britânico Boris Johnson nesta quarta-feira, depois que os EUA alertaram sobre retaliação a um imposto digital planejado.

"Tarifas adicionais prejudicam empresas e consumidores de ambos os lados do Atlântico", disse o porta-voz, enfatizando que essa é a abordagem geral do Reino Unido em relação às tarifas.

Ele disse que o imposto digital planejado no país seria proporcional e temporário e deixaria de ter efeito quando fosse encontrada uma solução global para taxar as empresas de serviços online.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade