PUBLICIDADE

Após rejeição recorde, Karol Conká ganhará documentário

1 mar 2021
15h01 atualizado às 15h36
0comentários
15h01 atualizado às 15h36
Publicidade
Foto: Divulgação/Globo / Pipoca Moderna

Ao contrário do que muitos poderiam imaginar, a carreira de Karol Conká não sofrerá grande abalo após a rapper ser eliminada com o maior índice de rejeição da história do "Big Brother Brasil".

Segundo informações do colunista Chico Barney, a cantora vai ganhar um documentário produzido pela TV Globo, que contará com cenas de suas participações nos programas emissora. Isto explicaria a overdose de exposição da rapper no domingo (28/2), com aparições no "Domingão do Faustão" e "Fantástico".

A prática é incomum na emissora. Nego Di, por exemplo, que também saiu com forte rejeição do reality, não foi chamado para participar das atrações - e reclamou após ver o tratamento diferenciado recebido pela colega.

Nos dois programas, a rapper voltou a pedir desculpas por seu comportamento no "BBB 21". No Faustão, ela sinalizou ter se arrependido da decisão de entrar no reality. "Eu ainda não sei o que eu fui fazer lá dentro, o que eu fiz da minha vida. Tive uma crise de ansiedade, um distúrbio, dá para perceber, estava bem diferente do que eu já apresentava aqui fora, as pessoas que trabalham comigo também não me reconheceram", disse.

Ainda de acordo com Barney, os responsáveis pela produção estariam com livre acesso a familiares de Conká. A ideia do projeto é narrar a ascensão e a queda de uma estrela, com direito a um forte incentivo da emissora para a retomada da carreira.

A plataforma Globoplay, que seria o endereço do documentário, não confirmou a produção.

Vale lembrar que, em sua trajetória no "BBB 21", Karol Conká gerou revolta nos telespectadores ao humilhar o ator Lucas Penteado, abalar psicologicamente os demais participantes e dizer várias barbaridades preconceituosas.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade