PUBLICIDADE

Bolsonaro ataca o imortal da Globo: “Acabou a teta”

Presidente se irrita com Merval Pereira em razão de editorial que faz campanha contra sua reeleição

17 dez 2021 09h05
ver comentários
Publicidade
Bolsonaro mira em Merval para atingir a cúpula da Globo
Bolsonaro mira em Merval para atingir a cúpula da Globo
Foto: Fotomontagem: Blog Sala de TV

“Até uns quatro, cinco anos atrás eu lia aqui o tal do Merval Pereira no ‘Globo’. Tinha boas posições até, né? Depois que eu assumi o governo, ele virou radicalmente contra a gente”, disse Jair Bolsonaro na live de quinta-feira (16).

“Fez o editorial de ontem cujo título é: ‘O importante é tirar Bolsonaro’. Ele quer me tirar daqui. E diz aqui, olha a cara (de pau)... A que ponto chegou o Merval Pereira. ‘Apesar da corrupção constatada no governo federal’ (leu o presidente). Ô Merval, aponta qual é a corrupção”, provocou.

Na sequência, engrossou a artilharia. “Quer me igualar ao Lula? No tempo do Lula, você tinha muita grana para o teu jornal, né?”, disparou, com sorriso irônico. O presidente contra-atacou relembrando um contrato do jornalista com o Senac, por R$ 375 mil, para dar palestras.

“Alguém quer dar palestra aí meia dúzia de vezes?”, debochou. “Acabou essa teta, por isso ele critica a gente. Ele quer a volta do PT. Até diz (no editorial) que o PT é melhor. A mamata acabou. O dinheiro público não vai mais para um cidadão como esse Merval Pereira. Só de ser da Globo nem precisa adjetivar, né?... Acabou a teta.”

Na cobertura da eleição de 2018, Merval sinalizava simpatia por Bolsonaro ao fazer seus comentários na GloboNews. A benevolência acabou logo no início do mandato e, ao longo da cobertura da pandemia de covid-19, ele se tornou um dos mais duros críticos do presidente e seu governo. Os dois tiveram atritos anteriormente.

Poucas pessoas têm tanto poder no Grupo Globo como Merval Pereira. Ele acumula funções nas principais plataformas da empresa. Lidera os comentaristas da GloboNews, assina coluna em ‘O Globo’, comenta na rádio CBN e integra o Conselho Editorial da companhia, onde a família Marinho e seus poucos homens de confiança decidem os posicionamentos da Globo e demais veículos da empresa.

Imortal da ABL (Academia Brasileira de Letras) desde 2011, ele assumiu recentemente a presidência da instituição. No dia de sua eleição, mereceu matéria de 4 minutos no ‘Jornal Nacional’. Merval não é inimigo apenas de Bolsonaro. O ex-presidente Lula também o detesta. “Ele dá palpite e fala bobagem o dia inteiro na TV”, reclamou o petista, em abril.

Questões ideológicas à parte, Merval Pereira é um jornalista com atuação relevante na defesa da democracia e dos direitos coletivos e individuais. Sempre levanta a voz contra investidas autoritárias. Teve reconhecimento internacional em 2009, quando recebeu o respeitado prêmio Maria Moors Cabot, vinculado à Universidade de Columbia, dedicado a jornalistas que defendem a liberdade de imprensa no continente americano.

Em tempo: na mesma live, Bolsonaro cutucou a Globo ao afirmar que a imprensa em geral “só tem espaço para notícia ruim”. “A gente vê na própria mídia que a Globo perdeu quase 50% de seus assinantes de jornais e telespectadores. E vai perder muito mais”, disse. No minuto final da transmissão, ele voltou a fazer propaganda da TV Jovem Pan News, onde é defendido enfaticamente por alguns âncoras e comentaristas.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade