3 eventos ao vivo

Gil se iguala a Jean Wyllys na luta contra homofobia no BBB

Economista recupera parte da relevância no jogo ao inserir no reality show contexto político da luta da comunidade LGBTQIA+

22 mar 2021
12h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Piada considerada homofóbica de Rodolffo contra Fiuk, que é hétero, por conta de um vestido, mexeram com Gil a ponto de o líder da semana indicar o cantor sertanejo ao paredão.

Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, pode ser o segundo gay assumido a se tornar campeão do ‘Big Brother Brasil’, após Jean Wyllys vencer em 2005
Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, pode ser o segundo gay assumido a se tornar campeão do ‘Big Brother Brasil’, após Jean Wyllys vencer em 2005
Foto: Fotomontagem: Blog Sala de TV

Gay assumido, o doutorando em Economia sentiu na pele o tom discriminatório, intencional ou não. Ela já havia se tornado alvo de contestação — inclusive da parte de sua principal aliada, Sarah — em razão do beijo na boca em Lucas.

Ao emparedar Rodolffo sob a alegação de homofobia, Gil dá contribuição valiosa ao discurso de gays, lésbicas, bissexuais, transexuais, travestis, queers, não-binários, intersexuais e outros gêneros e identidades sexuais.

Chiliques desnecessários à parte, ele se aproxima da relevância de Jean Wyllys, o primeiro e até agora único homossexual declarado a vencer uma edição do Big Brother Brasil.

No ‘BBB5’, o professor e jornalista — nordestino como Gil — também enfrentou piadas e hostilidades de alguns colegas de confinamento e de parte dos telespectadores. 

No fim, o carisma, a coerência no jogo e o discurso antipreconceito o tornaram campeão com 55% dos votos. Grazi Massafera foi a segunda colocada.

Gil já figurou como grande favorito ao prêmio no ‘BBB21’. Perdeu parte da torcida por seu comportamento instável, com rompantes de egocentrismo e exaltação no limite da agressividade.

Participante mais eufórico nos primeiros dias de programa, se deixou dominar pela obsessão por estratégias para evitar a eliminação e se livrar de adversários. Faz parte da dinâmica. Tomara que reencontre a alegria de ser quem é.

Ex-deputado federal, Jean Wyllys renunciou à vida parlamentar e se refugiou fora do Brasil após sofrer ameaças de morte. Continua a militar pela causa LGBTQIA+ no meio acadêmico internacional e pelas redes sociais.

Veja também:

BBB21: Juliette transformou Gil em novo vilão?

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade