PUBLICIDADE

Luisa Mell rebate falas de Reinaldo Gottino sobre cancelamento: 'Ele que me devia desculpas'

Jornalista trouxe o assunto à tona durante participação em podcast e disse que espera pedido de desculpas da ativista

28 fev 2024 - 19h39
(atualizado às 23h57)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Luísa Mell rebateu Reinaldo Gottino que a culpou pelo cancelamento de um evento, após ela denunciar o abate de animais vitimados por uma tragédia em Brumadinho (MG).
Ativista Luísa Mell e jornalista Reinaldo Gottino.
Ativista Luísa Mell e jornalista Reinaldo Gottino.
Foto: Reprodução/ Instagram

A ativista Luísa Mell rebateu as falas do jornalista Reinaldo Gottino, que a culpou por cancelamento sofrido em 2019, após ela dizer em uma live que ele teria incentivado o abate de animais vitimados pelo desastre provocado pelo rompimento de uma barragem em Brumadinho, no interior de Minas Gerais, em janeiro daquele ano.

Em declaração enviada ao Terra, Luísa disse estar surpresa por ele "ainda estar falando de algo de 2019". Para ela, o tempo fez com que o jornalista não se lembre direito do ocorrido. 

A ativista afirmou que estava de férias quando a tragédia aconteceu, mas enviou equipes para ajudar com os resgates. Ainda segundo Luísa, o resgate dos animais não estava sendo permitido, e ela se deslocou até Minas Gerais para auxiliar. 

"Fiz dezenas de reuniões o dia todo, mas estavam literalmente me enrolando. Como sempre, eu estava postando cada passo para meus seguidores me ajudarem", relatou. 

Luísa disse que foi informada que os animais estavam sendo abatidos e fez posts desesperados em suas redes sociais. 

"No meio desta confusão toda, meus seguidores começaram a me escrever, avisando que um jornalista de um programa da Record estava ao vivo, falando absurdos. Ele disse ao vivo que era mentira que estavam atirando nos animais. Que uma pessoa que era famosa, que estava lá só para aparecer e estava inventando essas coisas... Eu fiquei indignada mesmo. E claro, fiz Stories", conta. 

Depois que os animais foram resgatados, com ajuda do Corpo de Bombeiros, Luísa conta que recebeu uma ligação do jornalista, dizendo que aquilo não passava de um mal-entendido. 

"Eu retirei os Stories. Ele fez um post falando que não estava falando de mim. Mas falou no Instagram; quando me acusou falou na televisão! Em nenhum momento ele falou na televisão que tinha se enganado.  Foi no Instagram dele, que não tem a mesma repercussão [...] Eu retirei meus Stories na hora que ele me ligou. Mas eu pediria desculpas do quê?", indaga.

"Muita gente até hoje também acha que era mentira o que aconteceu, por conta do que ele falou. E sim, atrapalha meu trabalho", afirma. 

A ativista ainda comemorou que os procedimentos em tragédias mudaram muito em relação ao resgate de animais desde então. 

"Ele que me devia desculpas por falar que eu estava em Brumadinho para aparecer. Eu me enfiei naquela lama toda contaminada, coloquei minha saúde em risco. Vi aquele horror todo, bem de perto. [...] Talvez se ele for a campo em uma cobertura de tragédia, não ficar só no estúdio, ele  entenda melhor o desespero que passo", finaliza. 

A reportagem do Terra procurou o jornalista, mas ainda não obteve retorno. O espaço segue aberto. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade