PUBLICIDADE

Justiça determina prisão de segundo suspeito por assaltar casa dos pais de Bruna Biancardi

Terceiro participante do crime ainda não teve identidade revelada; polícia investiga

11 nov 2023 - 17h14
(atualizado às 17h15)
Compartilhar
Exibir comentários
Pedro Henrique dos Santos Vasconcelos, conhecido como "Urso", ficará atrás das grades pelo período de 30 dias
Pedro Henrique dos Santos Vasconcelos, conhecido como "Urso", ficará atrás das grades pelo período de 30 dias
Foto: Reprodução/TV Globo

O segundo suspeito de participar do assalto na casa dos pais de Bruna Biancardi teve a prisão temporária decretada pela Justiça. Segundo a decisão, Pedro Henrique dos Santos Vasconcelos, conhecido como "Urso", ficará atrás das grades pelo período de 30 dias. Ele não tem passagens por crimes.

Na mesma decisão, a Justiça determinou a quebra do sigilio telefônico do primeiro preso, Eduardo Vasconcelos, de 19 anos. O suspeito era vizinho dos pais da influenciadora, em um condomínio localizado em Cotia, na Grande São Paulo.

Eduardo foi preso em flagrante, após ser visto pela Guarda Civil enquanto fugia da residência logo após o crime. À polícia, ele confessou que usou o carro do padrasto para assaltar a casa dos pais da influencer. Ele foi autuado e preso por roubo.

O terceiro suspeito de participar do crime, conhecido como "Europa", ainda não foi identificado. A polícia informou que continua apurando a informação.

Bruna Biancardi e Mavie
Bruna Biancardi e Mavie
Foto: Ingryd Alves

O crime aconteceu na madrugada do último dia 7, quando três homens armados invadiram o imóvel. Os pais de Bruna, de 50 e 52 anos, foram rendidos, amordaçados e amarrados em um dos quartos enquanto os bandidos roubavam objetos.

Bruna Biancardi e a sua filha, Mavie, fruto do relacionamento com Neymar, não estavam presente na casa no momento do assalto. Ninguém ficou ferido.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade