PUBLICIDADE

Anitta recorreu ao Kundalini para superar momento doloroso: 'Ninguém sabia explicar'

Atualmente, Poderosa se submete a sessões a cada 10 dias; Thais Galassi é responsável por executá-las

13 mai 2024 - 10h09
(atualizado às 10h26)
Compartilhar
Exibir comentários
Anitta, cantora
Anitta, cantora
Foto: @instagram

A cantora Anitta, de 31 anos, revelou que precisou recorrer ao Kundalini após ficar internada em estado grave no fim de 2022. Na época, ela estava no topo das paradas mundiais com a música Envolver.

"Minhas prioridades eram: sucesso, dinheiro, poder, ser a mais conhecida, a mais famosa. Hoje em dia as minhas prioridades são: estar bem comigo mesma, mandar mensagens boas para as pessoas, fazer com que as pessoas entrem nessa mesma vibração. Eu era estressada 24 horas. Hoje, nada me atinge", disse Anitta em conversa com Thais Galassi, em vídeo compartilhado no YouTube.

Atualmente, ela é adepta da prática e não cansa de enumerar os benefícios que traz para sua rotina.

"Faço várias sessões de coisas que vão me limpar energeticamente. Para perdoar, pedir perdão, enxergar o seu erro. Fiquei muito tempo no hospital, e era uma coisa que ninguém sabia explicar o que era. Não falo tanto sobre isso porque não sei explicar o que tive. Fiz exame de câncer, disso, daquilo, e não tinha uma explicação. Eu estava mal e não conseguia subir o segundo andar da minha casa. Era uma falta de energia vital mesmo. Só melhorei quando comecei a tratar da minha espiritualidade de verdade".

Em março de 2022, Anitta estava no auge do sucesso. Sua música Envolver estava no Top 1 Global. Em contrapartida, ela afirma que não estava feliz. Segundo ela, precisou se reprogramar para voltar aos trilhos.

"Eu já tive o reconhecimento do mundo inteiro, e isso não traz para você o seu reconhecimento interno. Todos eles podem chegar num momento e te endeusar, como aconteceu comigo. Mas não adianta o país inteiro dizer que você é um máximo, eu não estava me sentindo um máximo. Fui número um no mundo e não estava me sentindo o máximo. Eu estava mal, infeliz. Hoje em dia, eu posso não ser a número um, mas eu estou tão bem. E está ótimo assim. Antes, eu tinha essa missão de não deixar a bola cair. Só que você não vive, não tem tempo para curtir, tempo para a família. Para mim, todo o sucesso é maravilhoso, mas dá para eu ter aí metade desse sucesso, que ainda me deixa bem feliz, pois vou estar fazendo o que amo e ainda consigo curtir, passear, aproveitar, viver os outros âmbitos da vida".

Autodeclarada mestre e pioneira em ativação da Kundalini, Thais é responsável por fazer sessões na Poderosa a cada 10 dias. Segundo ela, é necessário manter o corpo em dia, mas o espírito também.

"Kundalini é você trazer para sua vida e entender: o que das atitudes na minha vida influenciam para que o meu espiritual não corra da maneira que eu gostaria. Quando eu tive essa noção de entender que eu tenho que fazer o meu papel, aí tudo mudou. Tem uma coisa da gente de dizer: 'isso é fulano que está me sabotando'. Tudo isso existe, mas a frequência que você está entrando influencia".

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade