PUBLICIDADE

6 novelas da Globo que poderiam virar séries do Netflix

20 fev 2019 08h05
ver comentários
Publicidade

Novela é um dos produtos mais populares da cultura pop brasileira. Basta ver que toda grade da Rede Globo de Televisão é construída em volta deste produto há cinco décadas. Todo mundo já assistiu alguma novela que foi marcante. Hoje em dia, com a migração das mídias, o Netflix -e outros sistemas de streaming - preenchem boa parte do tempo dos telespectadores, que já não precisam mais esperar até o horário do seu programa favorito – podem ver a qualquer momento. Isso vale para novelas, filmes, seriados, desenhos, ao gosto do freguês.

Há alguns anos, a Netflix iniciou a produção de suas próprias séries, e um dos grandes apelos para pegar o público foi a nostalgia. Séries como Stranger Things, GLOW e Samantha! são bons exemplos de como fisgar os nostálgicos de plantão. Até a Rede Globo entrou na onda, com a estreia da novela Verão 90, com uma enxurrada de referências à última década do século 20.

Pensando nisso, apresentamos uma lista de novelas da Globo que casariam perfeitamente com o público do Netflix se fossem reeditadas como séries em um remake muito improvável – e um tanto escabroso.

 

Uga Uga (2000)
Novela das 19h
Autor: Carlos Lombardi

Foto: Rede Globo de Televisão / Reprodução

Uma novela com linguagem de histórias em quadrinhos até mesmo na abertura, a saga do “índio branco” Tatuapú foi marcante. Misturando cenas de aventura e romance, juntamente com um bocado de gente seminua, uma das grandes características estéticas das novelas de Lombardi, Uga Uga ainda ecoa como um marco da teledramaturgia dirigida também a um público mais jovem. A ação alucinante da trama, além do fato inusitado de termos a própria versão do Mogli tupiniquim, poderia ser um tremendo sucesso em um remake com menos episódios e história mais coesa. Qual ator você escalaria como o novo protagonista de bunda de fora?
 

Bang Bang (2005)
Novela das 19h
Autor: Mário Prata

Foto: Rede Globo de Televisão / Reprodução

Passada no Velho Oeste, conta a história de Ben Silver, que perdeu sua família durante um trágico incêndio que devastou a cidade de Albuquerque e busca vingança contra os responsáveis. Personagens heroicos e cômicos fizeram desse pastiche “feijoada western” um grande fracasso, já que boa parte do público não entendeu as inúmeras referências à cultura pop contidas na obra de Mário Prata. A novela teve tantos problemas que o autor caiu fora e a trama acabou nas mãos de Carlos Lombardi. Se fosse encurtada, e com menos personagens, poderia ser uma ótima comédia de época, mesclada com cenas de romance, ação e aventura. Imagine se Modern Family fizesse um crossover com Westworld. Insano? Bang Bang em formato de série poderia seguir por essa linha.


Que Rei Sou Eu? (1989)
Novela das 19h
Autor: Cassiano Gabus Mendes

Foto: Rede Globo de Televisão / Reprodução

Capa e espada de imenso sucesso no final dos anos 1980, Que Rei Sou Eu? foi a última grande novela de Cassiano Gabus Mendes. Fez tanto sucesso que gerou até álbum de figurinhas. Aliada a uma trilha sonora vibrante, que conseguia mesclar Gypsy Kings e Guns N’Roses no mesmo disco, a obra é reverenciada até hoje – tanto pela sua estética quanto por seu ineditismo. A trama mostrava os desmandos pré-Revolução Francesa no reino fictício de Avilan, governado pela tirana rainha Valentine sob os conselhos do poderoso bruxo Ravengar. A novela satirizava o congresso nacional, já que os conselheiros da rainha faziam o papel dos ministros do governo Sarney, em um ano de ebulição política devido à primeira eleição direta para presidente desde os anos 1960. Se fosse adaptada para uma série, hoje em dia só mudariam as moscas, mas a porcaria do congresso nacional continuaria a mesma, tornando um produto atemporal.


Quatro por Quatro (1994)
Novela das 19h
Autor: Carlos Lombardi

Foto: Rede Globo de Televisão / Reprodução

A história de vingança de quatro mulheres contra seus quatro companheiros foi um grande sucesso de Carlos Lombardi. O marcante casal Raí e Babalu colocava fogo na trama, com voluptuosas cenas de sexo. Mesmo com o pano de fundo de vingança e amores impossíveis, como toda boa novela, a trama tinha muita ação e comédia, uma das grandes marcas do autor. Como o público adora séries de vingança, ainda mais com mulheres tão diferentes entre si mas com o mesmo objetivo em comum, teria tudo para dar certo em remake. Quais seriam as atrizes ideais para essa nova roupagem de Quatro por Quatro?
 

Irmãos Coragem (1970)
Novela das 20h
Autora: Janete Clair

Foto: Rede Globo de Televisão / Reprodução

Mais um “faroeste” brasileiro – desta vez da época pré-histórica da tv. A saga dos Irmãos Coragem, envolta em mistérios e busca por diamantes, teve um remake na própria Globo em 1995, mas com pouco sucesso. Se a série fosse estilizada nos anos 1970, semelhante à produção da série Magnifica 70, da HBO, poderia ser um tremendo sucesso, pois pegaria o público nostálgico e apresentaria também uma interessante fotografia de época. Um trabalho artístico que poderia virar um épico nos moldes de Os Intocáveis. Bem, talvez com menos sangue e sem ganhar nenhum Oscar...

 

Kubanacan
Novela das 19h
Autora: Carlos Lombardi

Foto: Rede Globo de Televisão / Reprodução

Completando a tríade de novelas de Carlos Lombardi com imenso potencial para virar série do Netflix, está a escolha mais óbvia desta lista: Kubanacan. A saga do pescador parrudo, Esteban Maroto (referência aos gibis, novamente!), foi um sci-fi de imensa qualidade que foi incompreendida por grande parte do público. Se passando em uma ilha do caribe nos anos 1950, a história mostrava de maneira bem-humorada como lidar com uma ditadura e os devaneios de um general maluco. Um dos grandes diferenciais da trama foram as viagens no tempo, algo que só fica explícito ao final da novela. Marcos Pasquim se virou em quatro para representar seus personagens Esteban, Dark Esteban, León e Adriano. Qual ator toparia o desafio de dar vida novamente a tão emblemáticos heróis e vilões? Parece o produto ideal para o público latino, que curte praias paradisíacas e pancadaria das boas.

Faltou alguma novela nessa lista? Deixe sua opinião e compartilhe com seus amigos. Quem sabe eles também tem alguma novela que gostariam de rever em um improvável remake.


 

Geek
Publicidade
Publicidade