0

23 curiosidades sobre o filme Roma, de Alfonso Cuarón

1 mar 2019
08h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Roma, o longa do diretor mexicano Alfonso Cuarón tem sido um dos filmes mais comentados desde sua estreia na Netflix, em novembro de 2018, embora seja um divisor de opiniões.

Ambientado na década de 70 na Colônia Roma, um bairro tradicional da Cidade do México, o filme foca na perspectiva da casa que abriga uma família de classe média, cuja protagonista é Cleo, uma empregada doméstica.

Foto: Esperanto / Reprodução

O filme mescla recordações da infância de Cuarón e o relato cru e sensível sobre as realidades do cotidiano invisível por trás da vida doméstica.

Além de ser um testemunho desolador das desigualdades sociais e raciais, Roma pisa no calo do preconceito e se faz pertinente contra discursos segregacionistas.

Seja pela magnitude da fotografia, pelo relato íntimo do diretor ou profundidade do tema abordado, Roma é um filme de sucesso.

Vencedor de dois Globos de Ouro e um Leão de Ouro no Festival de Veneza, Roma foi candidato a receber o Oscar de Melhor Filme.

Reunimos abaixo algumas curiosidades sobre o filme.

  1. A Colonia Roma é uma zona em que a classe alta mexicana se estabeleceu na primeira década do século 20, onde até hoje existem mansões inspiradas pela arquitetura europeia. Foi neste bairro, na rua Tepeji, onde Cuarón cresceu.
  2. A protagonista é inspirada em Libória Rodríguez, uma mulher de origem indígena que começou a trabalhar para a família do diretor quando ele tinha 9 meses de idade.
  3. Libo, como era chamada pela família do diretor, veio de uma aldeia de Tepelmeme no Estado de Oaxaca
  4. Cuarón disse que à medida que cresceu se deu conta de que Libo era uma pessoa com necessidades, conflitos e uma vida própria e não alguém que simplesmente estava ali para servir sua família.
  5. O filme foi rodado em uma casa no bairro Roma, que foi meticulosamente reconfigurada para se parecer com a que o diretor cresceu.
  6. Os aviões que ouvimos ao longo do filme, se referem ao bairro localizado próximo a um dos corredores aéreos pelo qual se passam centenas de aviões diariamente para aterrissarem no aeroporto internacional.
  7. Eles também dão um toque autobiográfico do diretor, que quando pequeno era fascinado por aviões e sonhava em ser piloto quando crescesse (o menino que interpreta Cuarón no filme conta isso a babá).
  8. Há também uma conotação simbólica nos aviões. O diretor revelou que as aeronaves que cruzam os céus do México transmitem a ideia de que as situações enfrentadas pelos personagens são transitórias, e existe um universo que vai além de seus contextos pessoais.
  9. Roma utiliza um recurso narrativo conhecido como “metarrelato”, ou “cinema dentro do cinema”, no qual filmes anteriores são homenageadas pelo autor, inclusive algumas próprias.
  10. Em uma das cenas, as crianças vão com a babá assistir "Sem Rumo no Espaço" (1969), o filme que inspirou o diretor para criar "Gravidade" (2013).
  11. A cena do parto é semelhante à de outro filme de Cuarón, "Filhos da Esperança" (2006). Nos créditos de Roma, aparece o mantra Shantih Shantih Shantih" (Paz, paz, paz), que também aparece no mesmo filme.
  12. Roma recriou cuidadosamente os cenários, vestuários e contextos sociais do México na década de 70.
  13. Uma das cenas mais dramáticas retrata o massacre do Corpus Christi ou “Halconazo”, que aconteceu em 10 de junho de 1971, quando estudantes foram assassinados pela repressão incluindo soldados treinados pela CIA. Um dos eventos mais tristes da história do país.
  14. O fato do namorado de Cleo praticar o kendo se refere ao treinamento dos grupos paramilitares que, no início do conflito, usaram bastões e varas de bambu da arte marcial japonesa, mas depois abriram fogo contra os estudantes com armas para reprimí-los.
  15. Roma levou dez anos para ser concebido. Desde 2006 o diretor tinha a ideia do filme.
  16. Libo foi a “atriz” dos primeiros curtas do diretor, que eram filmados com uma câmera que seu pai lhe deu.
  17. Os atores só recebiam as cenas de Roma no dia da filmagem.
  18. Roma era para ter sido lançado originalmente nos cinemas. A Netflix comprou os direitos de exibição para oferecer no serviço de streaming.
  19. Yalitza Aparicio, protagonista que inrpreta Libo, é a primeira mulher indígena mexicana nominada ao Oscar.
  20. A protagonista Yalitza é professora. Não sabia quem era Cuarón, confessou que buscou na internet quem era o diretor antes de ir ao casting. Quem originalmente iria ao teste era a sua irmã, que a convenceu a ir também. 
  21. Os efeitos visuais de Roma demoraram o dobro para serem criados do que os de Gravidade.
  22. Para conceber Roma foi necessário criar um cruzamento dos anos 70 e a casa onde viveu Cuarón na infância. Foi criando um set enorme para recriar as famosas avenidas Insurgentes e Baja Califórnia, como eram nos anos 70.
  23. O diretor dedicou o Globo de Ouro à Libo.

[Parceria Geekness]

Veja também:

CBLoL 2021 promete evolução no cenário
Geek
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade