PUBLICIDADE

"Monarch: Legado de Monstros" é renovada e vai ganhar spinoffs

Apple TV+ confirma nova temporada da série e anuncia acordo com a Legendary para expandir o Monsterverso com múltiplas séries derivadas

12 abr 2024 - 10h11
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/Apple TV+ / Pipoca Moderna

A Apple TV+ oficializou a renovação de "Monarch: Legado de Monstros" para a 2ª temporada. A novidade vem acompanhada de um acordo entre a Apple e o estúdio Legendary para o desenvolvimento de diversas séries spinoff ambientadas no Monsterverso, o universo cinematográfico que reúne monstros icônicos como Godzilla e Kong. Os detalhes dos enredos das séries derivadas ainda são mantidos em sigilo.

Série superou expectativas

A 1ª temporada da série levou a franquia dos monstros gigantes para o streaming, apresentando um desafio único ao adaptar as espetaculares batalhas de titãs para uma tela menor. Ambientada um ano após o "Dia G" - o confronto entre Godzilla e os kaijus, que destruiu grande parte de São Francisco no filme "Godzilla" (2014) - a história segue Cate (Anna Sawai), uma professora da área da baía de São Francisco, que vai a Tóquio em busca de respostas sobre seu falecido pai, Hiroshi (Takehiro Hira). Lá, ela descobre que Hiroshi tinha uma segunda família, conhece um meio-irmão e investiga a conexão da família com a Monarch, uma organização secreta comparada à CIA, mas focada em monstros.

Apesar de se relacionar também à trama de "Kong: Ilha da Caveira" (2017), a produção não exige conhecimento prévio sobre os filmes do Monstroverso, embora isso possa enriquecer a experiência. A série funciona como uma história de origem da Monarch, alternando-se entre o presente e eventos que se seguiram à 2ª Guerra Mundial. A dinâmica entre as diferentes eras é facilitada pelo uso de um mesmo personagem, com Wyatt Russell ("Falcão e o Soldado Invernal") retratando um soldado americano do pós-guerra e seu pai da vida real, Kurt Russell ("Guardiões da Galáxia Vol. 2"), aparecendo como sua versão mais velha nos dias atuais.

Visualmente, a produção é impressionante, com cenas de ação que evocam o Monstroverso cinematográfico, enquanto a trama se expande para locais tão distantes quanto o Alasca e a Argélia. Mas há um inevitável diferencial de escala - obviamente, Godzilla não aparece na maioria dos capítulos - , que os escritores sabem usar a seu favor, ao manter um foco maior nos personagens humanos, que sempre ficam em segundo plano nos filmes. O resultado rendeu uma aprovação crítica maior que os filmes, com 89% de aprovação no Rotten Tomatoes - uma verdadeira obra-prima comparado ao mais recente filme, "Godzilla e Kong: O Novo Império", com apenas 54% de avaliação e atualmente em cartaz nos cinemas.

Elogios à equipe

"'Monarch: Legado de Monstros' deixou uma marca indelével nos corações, mentes e imaginações do público em todo o mundo, liderada pela genialidade de Chris, Matt, Kurt, Wyatt e o talentoso elenco e equipe criativa", declarou Morgan Wandell, chefe de desenvolvimento internacional da Apple TV+. "Estamos muito animados para que os espectadores não apenas vivenciem ainda mais emoções na 2ª temporada, mas também embarquem em novas jornadas épicas na franquia, à medida que expandimos o Monsterverso da Legendary."

Criada por Chris Black ("Outcast") e Matt Fraction ("Gavião Arqueiro"), a atração também é estrelada por Kiersey Clemons ("A Dama e o Vagabundo"), Joe Tippett ("Mare of Easttown"), Elisa Lasowski ("Versailles") e o cantor japonês Ren Watabe ("461 Lunch Boxes"), além de trazer participação especial de John Goodman revivendo seu papel de "Kong: A Ilha da Caveira" (2017).

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade