PUBLICIDADE

Billy Wilder vira tema de exposição inédita no MIS-SP

Mostra relembrará a carreira do aclamado diretor com ambientes imersivos e exibição de clássicos do cinema

22 jun 2024 - 18h11
(atualizado em 24/6/2024 às 12h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/Paramount Pictures / Pipoca Moderna

O Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP) trará uma exposição inédita dedicada ao grande mestre do cinema americano Billy Wilder. A mostra, que abre no dia 15 de agosto, está sendo concebida para relembrar os diálogos marcantes, personagens complexos e humor refinado dos filmes do diretor da era de ouro de Hollywood.

Assine Amazon Prime e os primeiros 30 dias são pagos pelo Terra

Filmes selecionados

A exposição abrange 13 filmes significativos da carreira do cineasta nascido na Polônia, que completaria 118 anos neste sábado (22/6). Estão inclusos clássicos como os dramas "Crepúsculo dos Deuses" (1950) e "A Montanha dos Sete Abutres" (1951) e as comédias "Sabrina" (1954), "O Pecado Mora ao Lado" (1955), "Quanto Mais Quente Melhor" (1959) e "Se Meu Apartamento Falasse" (1960), além de "Farrapo Humano" (1945), um dos primeiros filmes de Hollywood a abordar o alcoolismo, entre outros marcos.

Os filmes serão apresentados em ordem cronológica, permitindo aos visitantes acompanhar a evolução da carreira de Wilder. André Sturm, diretor do MIS e curador da mostra, explica que a exposição destacará a relevância de cada produção e a diversidade de gêneros explorados pelo diretor, que, ao contrário de Hitchcock, não se especializou apenas num tipo de filme. Wilder foi mestre de dramas e comédias dos mais diferentes estilos.

Experiência interativa

A mostra oferecerá uma experiência imersiva, com ambientes recriados para refletir cenários e cenas específicas dos filmes. A exibição seguirá a bem-sucedida fórmula imersiva do MIS, utilizando cenografia, tecnologia e itens originais das gravações.

Exposições anteriores do MIS sobre Stanley Kubrick e Alfred Hitchcock atraíram milhares de visitantes. A nova mostra pretende seguir esse sucesso, com destaque para uma sala dedicada a "Quanto Mais Quente Melhor", onde a inteligência artificial será usada para recriar falas de Marilyn Monroe.

Além da exposição principal, o MIS-SP oferecerá cursos, mostras de filmes do diretor e sessões de "Cinematographos", onde filmes são projetados com sonorização ao vivo.

O evento pretende destacar a versatilidade de Wilder ao longo de sua carreira, celebrar a obra do cineasta junto aos cinéfilos e apresentá-lo para uma nova geração interessada em descobrir o encanto dos filmes clássicos.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade