4 eventos ao vivo

Neill Blomkamp lança na internet curta que mostra o mundo tomado por alienígenas

Alien 5 não saiu do papel, mas o diretor encontrou uma forma de colocar novamente Sigourney Weaver contra inimigos extraterrestres.

18 jun 2017
08h44
  • separator
  • comentários

A determinação de um homem jamais deve ser subestimada. Neill Blomkamp sonhou por anos em realizar um filme da franquia Alien, idealizou detalhes, conquistou o interesse de Sigourney Weaver e conseguiu o apoio da Fox para dirigir Alien 5, que encerraria de maneira diferente da apresentada em Alien 3 e Alien - A Ressurreição a história de Ellen Ripley, Dwayne Hicks (Michael Biehn) e Newt (Carrie Henn). Ridley Scott, no entanto, entrou no circuito com a série de prequels iniciada em Prometheus e pediu que Neill adiasse temporariamente seus planos. O tempo foi passando, o projeto de Scott aumentando e em maio, pouco antes da estreia de Alien: Covenant, Alien 5 foi oficialmente cancelado.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

O que Neill fez então? Sentou e chorou? Não, arregaçou as mangas e foi dedicar-se à sua produtora, Oats Studios. Dedicada a experimentos livres entregues diretamente ao espectador, a companhia lançou seu primeiro filme esta semana, o curta Rakka , que tem aliens como vilões e - surpresa! - Sigourney Weaver como guerreira. Ô sina...

"Quando ficou bem evidente que Alien 5 não iria acontecer, ela me perguntou o que eu iria fazer, então mandei o roteiro de Rakka como um exemplo do projeto Oats. Ela respondeu dizendo que tinha amado e gostaria de interpretar Jasper", o diretor contou à Wired, revelando ainda que o personagem era originalmente um homem e já tinha até ator contratado, mas não teve como recusar um desejo da eterna Ripley.

Primeira obra do "estranho experimento", como o realizador descreve o Oats Studios, Rakka tem roteiro de Blomkamp e Thomas Sweterlitsch e está disponível no Youtube com legenda (ruim) em português.

Outros três curtas de Neil serão disponibilizados nos próximos meses, um deles uma história de horror futurista protagonizada por Dakota Fanning. O primeiro longa do diretor, o elogiado Distrito 9, nasceu como o curta Alive in Joburg e não será surpreendente caso alguma das novas tramas siga o mesmo caminho. Além da série de curtas, o diretor sul-africano está preparando a ficção científica The Gone World . Seu último lançamento nos cinemas foi Chappie.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade