PUBLICIDADE

Vídeo: Triângulo amoroso com Zendaya esquenta o filme 'Rivais'

“Rivais" é recheado de cenas quentes do trio de protagonistas, mas não espere cenas de sexo convencionais

26 abr 2024 - 06h55
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
"Rivais" é um filme estrelado por Zendaya e recheado de cenas quentes entre um trio cuja vida é usada como metáfora para o tênis. Para tornar o clima ainda mais intrigante, a trilha sonora é obra de Trent Reznor e Atticus Ross.
Triângulo amoroso com Zendaya esquenta o filme 'Rivais':

“Rivais”, novo filme do diretor Luca Guadagnino (“Me Chame Pelo Seu Nome”) traz a atriz Zendaya como o vértice de um triângulo amoroso entre três tenistas, e já vem causando furor antes mesmo de sua estréia, graças às inúmeras cenas quentes envolvendo os três.

"Rivais" acompanha Tashi (Zendaya), uma tenista prodígio que se tornou treinadora. Casada com Art (Mike Faist), ela conseguiu transformar a carreira do marido, que foi de um jogador medíocre para um grande campeão. 

Quando os dois aceitam participar de um torneio “challenger" (o nível mais baixo da carreira profissional de um tenista) para superarem um momento difícil, se vêem às voltas com o retorno de Patrick (Josh O’Connor) a suas vidas. Ex-namorado de Tashi e ex-melhor amigo de Art, Patrick reacende antigas chamas e rusgas entre os três, colocando o trio em um momento crucial em suas vidas e carreiras.

“Rivais" é recheado de cenas quentes entre o trio, mas não espere cenas de sexo convencionais. A especialidade de Luca Guadagnino é criar o clima e valorizar não apenas o sexo, mas o caráter sensual de seus personagens. 

Mas nem só de cenas quentes vive o filme. “Rivais" é também é um filme sobre o tênis e o posiciona como  metáfora e principal força motriz da vida do trio, definindo não só os rumos que eles tomam ao longo de mais de uma década, como de suas carreiras.

Outro ponto de destaque do filme é sua trilha sonora – quase uma personagem à parte –, dando o tom da produção em vários momentos. Os responsáveis são Trent Reznor e Atticus Ross, vencedores do Oscar de Melhor Trilha Sonora Original por “Soul”, mas que já compuseram algumas das mais intrigantes e marcantes trilhas do cinema moderno, como dos filmes “A Rede Social”, “Mank" e da série “Watchmen" entre outras.

Assista ao vídeo com o comentário de Rodrigo James.

(*) Rodrigo James é jornalista, criador de conteúdo e publica semanalmente a newsletter MALA com notícias, críticas e pensatas sobre cultura pop e entretenimento.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade