PUBLICIDADE

7 Prisioneiros: Crítica internacional elogia filme estrelado por Rodrigo Santoro e Christian Malheiros

7 set 2021 17h09
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Netflix / Pipoca Moderna

O filme brasileiro "7 Prisioneiros", estrelado por Rodrigo Santoro e Christian Malheiros, teve uma première elogiadíssima no Festival de Veneza na noite de segunda-feira (6/9).

Produção da Netflix, "7 Prisioneiros" é o segundo longa dirigido por Alexandre Moratto, que estreou com "Sócrates" - também estrelado por Malheiros - e foi premiado no Spirit Awards, o Oscar do cinema independente dos EUA em 2019.

A trama explora a situação de trabalho análogo à escravidão perpetuada no Brasil por meio da história do jovem Mateus (Malheiros), recém-saído do interior em busca de uma oportunidade de trabalho em um ferro velho de São Paulo, que se revela uma cilada.

"7 Prisioneiros estabelece firmemente [Alexandre Moratto] como um cineasta talentoso contando histórias importantes da região — e é tão envolvente quanto deprimente e brutalmente educacional", descreveu o site Deadline.

Elogiando os trabalhos de "Santoro, perversamente impressionante" e "Malheiros, naturalmente talentoso", o site The Wrap conclui que "o foguete em forma de filme de Moratto é direto em seus golpes de esmagamento da alma e uma peça essencial do cinema social-realista de nossos tempos".

Já o site Screen International comentou que, conforme a trama se desenvolve, o filme "aumenta seu poder cumulativo para um clímax angustiante". E o IndieWire elogiou a capacidade narrativa do diretor. "Moratto complica o dilema central com a habilidade de um mestre dramaturgo. O trabalho de tensão que se forma entre Mateus (Malheiros) e os outros trabalhadores é simples, mas profundamente sentido".

Por fim, o Awards Watch definiu a produção como "um conto de moralidade cheio de tensão". E ainda previu: " É provável que o filme de Moratto seja a indicação do Brasil no Oscar para a cerimônia de 2022 que se aproxima".

O filme terá agora première no Festival de Toronto, na próxima semana, antes de ser lançado em streaming pela Netflix em novembro.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade