PUBLICIDADE

Rainha da Dragões da Real usa colete de 14kg para se acostumar com fantasia de carnaval

Karine Grum seguiu a dica de uma amiga fisiologista já que, em anos anteriores, ela treinava com mochilas cheias de pesos

30 jan 2024 - 11h52
Compartilhar
Exibir comentários
Karine Grum usa colete de 14kg para se acostumar com fantasia
Karine Grum usa colete de 14kg para se acostumar com fantasia
Foto: Reprodução Instagram

A rainha de bateria da Dragões da Real, Karine Grum, se prepara o ano inteiro para o carnaval. Ela revelou em entrevista para a Revista Quem que usa um colete de 14kg para se acostumar com o peso de sua fantasia.

Segundo Karine, o colete de treinamento entrou na sua rotina após receber a dica de uma amiga fisiologista e que, apesar de pesado, 'não dói nem um pouco'. Em anos anteriores, a rainha sambou com mochilas cheias de pesos e cabeleiras para se preparar para fazer bonito na Avenida.

Além de levar o “peso da avenida” nas costas, Karine falou sobre a missão de assumir o posto de rainha: “Representar esse sonho é uma responsabilidade enorme! Então, faço tudo com muito amor e carinho e dou sempre o meu máximo."

A rainha não se preocupa em estar dentro dos padrões de beleza. Ela contou que cuida do corpo o ano todo por trabalhar com sua imagem, porém, não faz dietas restritivas, nem liga para as críticas. “Eu gosto de estar fisicamente da forma que eu me sinta bem, independentemente da opinião das pessoas", afirmou.

O quanto você conhece o Carnaval de São Paulo? Teste seus conhecimentos! O quanto você conhece o Carnaval de São Paulo? Teste seus conhecimentos!

O que motiva Karine a não desistir da “correria” de carnaval é o seu amor pela escola e pelo samba. “Uns anos atrás eu sempre falava que era o último, não queria mais a correria e tudo mais, porém, passava o desfile, já vinha a vontade com: 'Ai, meu Deus, o que será ano que vem?'”, disse.

Com o samba-enredo África, uma Constelação de Reis e Rainhas, Karine representará uma narrativa sobre reis e rainhas que marcaram a história como exemplos de luta em um resgate da identidade africana. "Eu represento as riquezas do homem mais rico da história do mundo, Mansa Musa, com uma roupa belíssima com muito brilho", contou.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade