PUBLICIDADE

Rádio Jacaré FM promove a cidadania e leva notícias à favela

A comunicação comunitária é uma maneira de se comunicar, um instrumento que busca resgatar a cidadania e a participação da população.

21 jan 2022 08h00
ver comentários
Publicidade
Rádio Jacaré
Rádio Jacaré
Foto: Divulgação / ANF

Sabia que, assim como o transporte, a energia elétrica e o atendimento médico no posto de saúde, a comunicação também é um serviço público?

O veículo de comunicação se tornou referência no país e faz parte do dia a dia de milhares de pessoas. Quando o assunto é comunicação comunitária, as rádios seguem sendo um dos veículos mais populares nas favelas cariocas. Chamada também de comunicação popular, a comunicação comunitária tornou-se uma maneira diferente de se comunicar, por ser um instrumento que busca resgatar a cidadania e a participação direta da população.

Segundo o Monitoramento da Propriedade da Mídia, realizado pela ONG Repórter Sem Fronteiras, as emissoras Globo, SBT, Rede Record, Grupo Bandeirantes e RedeTV detêm, juntas, 50% das concessões de rádio, televisão, plataformas digitais e jornais impressos do Brasil. Esse cenário faz com que as rádios comunitárias sejam cada vez mais necessárias por se tratarem de veículos de comunicação independentes do oligopólio da imprensa local e nacional.

Muito além de informar, as rádios comunitárias têm como objetivo estimular moradores a pensar criticamente e analisar problemas de sua comunidade para solucioná-los em conjunto, propondo ações concretas que serão coordenadas por seus representantes comunitários. Dessa forma, criam-se condições e espaços para a prática do protagonismo popular.

A rádio web Jacaré FM, atuante na favela do Jacaré, no Rio de Janeiro, é referência em seu formato de programação; jovem, dinâmica e interativa. Além de levar entretenimento, a rádio também divulga pequenos empreendedores e comércios locais, traz notícias e informações atuais, além de realizar enquetes populares sobre assuntos que tenham relevância para a região.

O veículo de comunicação também tem participação relevante na cultura local. Em sua programação, a rádio divulga artistas da favela, incluindo músicas de artistas locais. Outro grande diferencial é o programa “Sintonia do Nordeste”, que vai ao ar diariamente das 14h às 15h. Segundo Sérgio Leão, locutor da rádio, o objetivo do programa é enaltecer a cultura e a origem de dezenas de famílias que moram no Jacaré e vieram do Nordeste em busca de melhores condições de trabalho e moradia.

Atualmente, a Rádio Jacaré FM pode ser ouvida pela internet e acompanhada em seu canal no YouTube. A programação também pode ser acompanhada pelo Facebook, Twitter e Instagram.

 

ANF
Publicidade
Publicidade