PUBLICIDADE

Renault Scénic vira SUV híbrido a hidrogênio com 215 cv

Com alcance de 800 km e reconhecimento facial, conceito Renault Scénic Vision antecipa futura geração do SUV prevista para estrear em 2024

20 mai 2022 11h56
ver comentários
Publicidade
Renault Scénic Vision antecipa futura geração do modelo que estreia em 2024
Renault Scénic Vision antecipa futura geração do modelo que estreia em 2024
Foto: Renault/Divulgação

Depois de Honda e Toyota, a Renault é outra montadora que vai apostar em motores a hidrogênio. A marca francesa divulgou nesta quinta-feira (19) o conceito Scénic Vision, um exercício de design que antecipa os futuros lançamentos da Renault nos próximos anos. Com carroceria crossover e motorização híbrida elétrica e a hidrogênio, o conceito também adianta grande parte das linhas da futura geração do Scénic, que será lançada em 2024. 

Sendo assim, o novo carro marcará o retorno do Renault Scénic após o recente anúncio do fim da produção da atual geração do modelo, ainda com carroceria minivan. Por fora, o design adota a atual identidade visual da marca francesa, com linhas retas e rebuscadas, além de elementos que lembram o conceito Renault 5 elétrico e o recém-lançado Megane E-Tech. 

Renault Scénic Vision troca carroceria minivan por SUV
Renault Scénic Vision troca carroceria minivan por SUV
Foto: Renault/Divulgação

Assim como a dupla, o novo Renault Scénic Vision também utiliza a plataforma modular CMF-EV, que é exclusiva para carros elétricos. Na dianteira, o Scénic Vision traz faróis de LED bipartidos. Na parte superior, as luzes trazem formato fino e horizontal, e são integradas à grade dianteira, que tem design fechado. Logo abaixo, há dois blocos em formato de losango. Além disso, o modelo também conta com o novo logotipo iluminado da Renault.

Na lateral, o conceito tem linha de cintura elevada, e conta com vincos marcantes na parte inferior das portas e uma linha horizontal que liga os faróis e as lanternas. As rodas de liga-leve são de 21’’, enquanto as portas traseiras têm abertura invertida, sem coluna central. Na traseira, o Renault Scénic Vision traz finas lanternas de LED em formato de bumerangue. 

Renault Scénic Vision tem motorização híbrida a hidrogênio
Renault Scénic Vision tem motorização híbrida a hidrogênio
Foto: Renault/Divulgação

A montadora francesa também divulgou algumas especificações do conceito, que mede 4,49 m de comprimento, 1,90 m de largura, 1,59 m de altura e tem entre-eixos de 2,835 m. Já o peso é de 1.700 kg. Por dentro, o Renault Scénic Vision aposta em recursos tecnológicos e materiais sustentáveis, sendo um estudo que antecipa como serão as futuras cabines dos veículos da Renault. 

O texto divulgado pela Renault também confirma que o carro-conceito integra mais de 70% de materiais reciclados em vários ciclos fechados, e mais de 95% do veículo é reciclável, incluindo a bateria. O assoalho do veículo foi produzido por meio da aglomeração de resíduos plásticos provenientes de outras origens, e o carro ainda conta com fibra de carbono e metais reciclados, pneus sustentáveis e tinta sem pigmentos sintéticos. 

Renault Scénic Vision: materiais reciclados e muita tecnologia
Renault Scénic Vision: materiais reciclados e muita tecnologia
Foto: Renault/Divulgação

Com isso, a Renault garante que o Scénic Vision tem uma pegada de carbono 75% menor em comparação com um carro elétrico convencional. Em relação à motorização, o conceito é equipado com um conjunto híbrido formado por um motor elétrico de 215 cv, que é associado a uma célula de combustível de 16 kW. Batizado de H2-Tech, o sistema permite aumentar o alcance elétrico para cerca de 800 km sem ter que aumentar o tamanho da bateria.

Dentre as tecnologias, o Renault Scénic Vision também aposta em recursos de segurança capazes de reduzir o risco de acidentes em até 70%. Um dos novos equipamentos é um sistema de câmera integrada na frente do veículo que amplia o campo de visão do condutor em 24%, com o efeito de capô transparente graças ao campo de visão de 180º.

O conceito ainda traz uma interface Safety Coach que avalia riscos e permite antecipar situações estressantes no trânsito, através de sensores e câmeras localizadas pelo carro. Por fim, há ainda um sistema de reconhecimento facial que permite abrir a porta e ajustar as configurações do veículo em função do perfil do condutor. Este sistema também oferece a possibilidade de adaptar as condições de condução a uma eventual deficiência.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade