PUBLICIDADE

Quintanilha: Tiguan pode ser o segredo da Volkswagen na Anchieta

Dois novos carros serão produzidos pela Volkswagen na fábrica da Anchieta em São Bernardo do Campo. Mas talvez seja um pseudo Tiguan

5 fev 2024 - 06h00
(atualizado em 6/2/2024 às 08h14)
Compartilhar
Exibir comentários
Novo Tiguan e Novo Tayron (praticamente idênticos); e Tayron X, versão cupê do Tayron atual
Novo Tiguan e Novo Tayron (praticamente idênticos); e Tayron X, versão cupê do Tayron atual
Foto: FAW-VW / VW / Guia do Carro

Em vídeo-análise sobre o investimento de R$ 16 bilhões que a Volkswagen está fazendo no Brasil até 2028, o editor do Guia do Carro, Sergio Quintanilha, comenta que o Tiguan pode ser o segredo que a montadora alemã guarda para a fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo, SP. 

“Os dois carros que serão feitos na fábrica da Anchieta é onde todo mundo está quebrando a cabeça para tentar descobrir: afinal de contas, o que é que a Volkswagen vai fazer?”, comenta Quintanilha no vídeo (veja abaixo).

Ele comenta sobre a possibilidade de a Volkswagen fazer um Taos híbrido no Brasil e o Taos a combustão na Argentina, mas afirma que isso não faz sentido, apesar do investimento num novo motor 1.5 eTSI e na plataforma MQB Hybrid.

Da mesma forma, descarta a escolha de modelos sedãs, como o Jetta: “Fazer um sedã? Duvido, duvido e duvido mesmo. Vão fazer Jetta aqui? Não vão fazer, porque esse tipo de sedã está saindo de moda. O povo quer SUV mesmo”.

Novo Tayron (Tiguan L Pro) e Novo Tiguan: traseira praticamente idêntica
Novo Tayron (Tiguan L Pro) e Novo Tiguan: traseira praticamente idêntica
Foto: FAW-VW / VW / Guia do Carro

“Outra possibilidade que tem aqui é um carro chamado Tayron, um carro que a Volkswagen tem na China, um SUV da categoria C”, comenta. “Mas é um carro muito parecido com o Taos, é quase um versão do Taos”, na geração atual. Nesse caso, uma versão cupê, porém maior.

O Tiguan, que ganhou uma nova geração híbrida na Alemanha, não será mais produzido no México. “Será que a Volkswagen não pode fazer, na fábrica da Anchieta, o Novo Tiguan híbrido?”, pergunta. A possibilidade existe porque a fábrica da Anchieta terá a mesma plataforma eHybrid do Novo Tiguan.

A imprensa mexicana já descartou a nova geração do Tiguan para o México, mas aposta que o carro será substituído pela nova geração do Tayron X, que está prestes a ser lançada na China pela FAW-Volkswagen, é praticamente uma cópia do Tiguan (e lá vai ter o nome Tiguan L Pro). Ainda segundo a mídia mexicana, o nome Tiguan pode seria ser mantido no México.

Não faz muito sentido, entretanto, fabricar o Novo Tiguan eHybrid no Brasil e o Tayron X no México, pois a fábrica mexicana de Puebla está muito mais perto dos ricos mercados da América do Norte (Estados Unidos e Canadá). 

“A informação que nós temos é que a Volkswagen vai fazer carros elétricos no México”, diz Quintanilha. “Foi o país escolhido para fazer carros elétricos para abastecer os Estados Unidos.” Dentro desse jogo de xadrez, portanto, o próprio Tayron com o nome Tiguan pode ser feito no Brasil.

“Não quero nem cravar nem descartar, porque toda vez que a gente fala em Tiguan os executivos da Volkswagen ficam assim… parece que entrou um fantasma na sala, sabe, o ambiente fica estranho, não falam… alguma coisa tem aí”, comenta o editor do Guia do Carro.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade