Entenda o que de fato muda de fato com a chegada do GPT-4o

27 mai 2024 - 18h57
Compartilhar

Recentemente, tivemos dois anúncios de grande relevância no campo da tecnologia. A OpenAI antecipou seu calendário para revelar novidades sobre o GPT-4o, e o Google apresentou suas inovações durante o Google I/O. Esses eventos trazem implicações significativas para o futuro da interação digital e Inteligência Artificial. 

“No tema da OpenAI duas coisas não óbvias, que podem ser interessantes evidenciarmos: primeiro, o lançamento de uma versão desktop do GPT, a empresa começa a dar passos importantes para interagir com o computador podendo ser uma alternativa ao Copilot da Microsoft e mostrando que devem entrar com mais força na oferta de assistentes", opina Sílvio Andrade, diretor estrategista da BRQ.

"Segundo, o novo modelo GPT-4o introduz capacidades avançadas de interação, incluindo a habilidade de conversar de forma mais complexa, utilizar voz e 'enxergar'. Essas capacidades trazem à tona discussões cruciais sobre a experiência do usuário. A introdução de produtos digitais sem interface tradicional, sem tela, representa uma mudança significativa na forma como interagimos com canais e produtos digitais. Este avanço pode redefinir a experiência do usuário e a maneira como utilizamos as tecnologias emergentes no nosso cotidiano."

Homework Homework
Publicidade
Seu Terra












Publicidade