PUBLICIDADE

Deputada acusa IA de 'racismo algorítmico' por desenho de mulher negra armada em favela

Renata Souza (PSOL) diz que pediu para a IA gerar imagem de uma mulher negra na favela, mas a inteligência artificial incluiu uma arma

27 out 2023 - 12h53
Compartilhar
Exibir comentários
Deputada Renata Souza disse que está analisando as medidas cabíveis de encaminhamento de denúncia
Deputada Renata Souza disse que está analisando as medidas cabíveis de encaminhamento de denúncia
Foto: Reprodução: Instagram/renatasouzario

Nova trend da internet, muitos internautas estão usando a inteligência artificial da Microsoft para criar imagens no estilo dos desenhos da Pixar. A deputada estadual Renata Souza (PSOL), do Rio de Janeiro, compartilhou em suas redes sociais que também fez uso do programa, relatando "racismo algorítmico".

Na publicação, a deputada diz que a descrição foi de “uma mulher negra, de cabelos afro, com roupas de estampa africana num cenário de favela”, no entanto, a IA gerou a imagem de uma mulher negra com uma arma.

"Não pode uma mulher negra, cria da favela, estar num espaço que não da violência? O que leva essa 'desinteligência artificial' a associar o meu corpo, a minha identidade, com uma arma?”, escreveu.

Na mesma postagem, a deputada colocou uma foto no qual segura o seu diploma de Doutora em Comunicação e Cultura. “Em um mundo forjado pela branquitude, que tem o domínio sobre as tecnologias, a reprodução da estrutura racista se dá em todos os espaços e ferramentas”, comenta Renata.

Presidente da CPI do Reconhecimento Fotográfico, a deputada destacou que observa “o quanto pessoas negras podem ser vitimadas por mecanismos, como o reconhecimento facial, mesmo sendo inocentes”. Segunda ela, o imaginário de violência nas favelas, também presente nas IAs, coloca pessoas negras em risco.

No Instagram, Renata Souza afirma que está analisando as medidas cabíveis de encaminhamento de denúncia e que entrará em contato com a direção da empresa responsável pelo Microsoft Bing.

Fonte: Visão do Corre
Compartilhar
Publicidade
Publicidade