PUBLICIDADE

Vale a pena trocar açúcar por mel? Novo estudo revela vantagens

Prática, no entanto, é pouco eficiente para o emagrecimento

16 jan 2023 - 13h06
(atualizado às 18h39)
Compartilhar
Exibir comentários
Mel
Mel
Foto: Sport Life

O mel é o alimento produzido pelas abelhas, que é rico em glicose, frutose, serve como fonte energética e dá para ser usado em adoçantes e medicamentos. Conhecido pelo seu sabor doce e, também, pela sua versatilidade. Como assim? Um estudo recente acusou a vantagem da troca de açúcar por mel.

Revelação da troca positiva de açúcar por mel

A revista científica Nutrition Reviews, do grupo britânico Oxford University Press, é a autora dessa tese, cujo conteúdo revelou que esse consumo melhora o controle do açúcar no sangue e diminui até os níveis de colesterol.

"Esses resultados são surpreendentes porque o mel contém cerca de 80% de açúcar. Não estamos dizendo que você deve começar a comer mel se atualmente evita o açúcar. Mas para quem estiver usando açúcar de mesa, xarope ou outro adoçante, trocá-los por mel pode diminuir os riscos cardiometabólicos", respondeu por meio de nota Tauseef Khan, pesquisador sênior do estudo e pesquisador associado em ciências nutricionais na Faculdade de Medicina Temerty da Universidade de Toronto, do Canadá.

Os estudiosos da Universidade de Toronto cumpriram com a revisão sistemática e meta-análise de 18 ensaios clínicos, que houve mais de 1.100 participantes, para constatar o efeito do mel nos fatores de risco metabólicos e cardíacos.

Os envolvidos desse experimento consumiram diariamente 40 gramas de mel, ou seja, duas colheres de sopa. O tempo de duração dessa pesquisa foi de oito semanas. Os efeitos denotaram que essa ingestão está relacionada aos níveis baixos de glicemia de jejum, aumento do colesterol "bom" (HDL), redução do colesterol ruim e triglicerídeos e diminuição do marcador de doença hepática gordurosa.

Houve ainda a constatação desses pesquisadores que essa vantagem não foi observada para aqueles que tomaram esse produto, mas que mantêm por longa data o hábito de alimentação saudável. Isto é, adição de açúcares menos da ingestão calórica diária.

Desdobramentos

Agora o foco passa a ser nos trabalhos no mel não processado, que nada mais é do que a única fonte flora para expor evidências de qualidade e melhor compreensão dos muitos compostos desse alimento trazem melhorias para a saúde.

Cuidado

A precaução fica para quem convive com reação alérgica a certos componentes do mel. Esse alimento não pode ser apreciado por crianças com menos de 1 ano de idade.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade