PUBLICIDADE

buenos Aires

Buenos Aires tem 14 restaurantes entre os 50 melhores da AL

ver comentários
Publicidade
 capital argentina se destacou ao eleger a maior quantidade de estabelecimentos na lista de melhores da América Latina
capital argentina se destacou ao eleger a maior quantidade de estabelecimentos na lista de melhores da América Latina
Foto: Divulgação

Se você busca diversidade à mesa, Buenos Aires é o lugar ideal para visitar na América Latina. A capital argentina conseguiu colocar 14 restaurantes na lista dos 50 melhores da região, exatamente o dobro de Lima, a segunda colocada, reforçando assim sua condição de importante centro gastronômico do continente.

De acordo com a relação, o melhor restaurante da Argentina é o Tegui, que ficou com o nono posto na classificação geral. A casa demonstra ousadia logo em sua fachada, toda pintada com grafites. O clima surpreendente continua à mesa, pois o chef Germán Martitegui gosta de sempre mudar seu estilo de cozinhar, e isso se reflete no menu da casa.

Em Buenos Aires, costuma-se dizer que existem churrascarias e existe La Cabrera. Não por acaso, o restaurante comandado pelo chef Gastón Rivera foi considerado o 17º melhor da América Latina por oferecer carnes com um autêntico toque argentino.

Na 18ª posição ficou o tradicional Tomo 1, fundado na década de 1970 pelas irmãs Ada e Hebe Cóncaro. Hoje, a cozinha é comandada por Federico Fialayre, filho mais novo de Ada, e oferece o melhor da culinária portenha.

Já o Oviedo alcançou o 27º lugar graças à aposta que o chef Martín Rebaudino faz na clássica cozinha espanhola, com um menu repleto de peixes e frutos do mar. O Chila, por sua vez, aparece na 28ª posição com uma proposta que une a cozinha argentina com toques do Mediterrâneo. A casa conta com uma seleção de vinhos bastante completa e é comandada por Soledad Nardelli.

Completam a relação de restaurantes argentinos entre os melhores da América Latina o Sucre (29º), Aramburu (31º), Pura Tierra (33º), El Baqueano (39º), Unik (40º), Paraje Arévalo (44º), Casa Umare (45º), Hernán Gipponi (49º) e Elena (50º).

Fonte: PrimaPagina
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade