0

Caribe

Fortes históricos contam histórias de batalhas caribenhas

10 jan 2013
07h23
atualizado às 07h23
  • separator
  • comentários

Muitas vezes, uma boa viagem não se resume somente à praia e hotel. Há quem queira descobrir detalhes históricos do lugar para onde decidiu viajar.  Para esses sedentos por curiosidades, não há nada melhor do que ficar frente a frente com uma construção carregada de importância regional.

Fortalezas históricas eram a defesa das ilhas do bloco na época das grandes embarcações
Fortalezas históricas eram a defesa das ilhas do bloco na época das grandes embarcações
Foto: Shutterstock

Conhecida pelos ricos recursos naturais, a região do Caribe também impressiona quando o assunto é patrimônio histórico. Isso porque grande parte de suas ilhas possuem verdadeiras fortalezas, que muito têm a contar da época das embarcações do período de colonização no século XVI. Marcados por saqueamentos piratas, destruições e batalhas de poder territorial, os fortes são fiéis registros da história.

Estes monumentos, antigamente ocupados exclusivamente por poderosos exércitos, hoje recebem abertamente turistas, que não economizam nos cliques, na tentativa de levar um pouco dos acontecimentos daquele tempo para casa. Por isso, confira, a seguir, os dez fortes históricos mais populares do Caribe.

Fort Shirley
O Fort Shirley, localizado na costa noroeste de Dominica, foi a principal sede da guarnição do exército britânico. A construção leva o nome do governador Sir Thomas Shirley, que coordenou a construção finalizada em 1776. Resistindo a ataques do exército francês em 1805, a arquitetura foi usada como uma estação de quarentena e ala hospitalar entre 1870 e 1920, sendo hoje um dos principais cartões-postais da ilha. A área do forte consiste, basicamente, em alojamento oficial, cozinha e guarita.

Fort Rodney
Em Pigeon Island, localizada ao norte da ilha de St. Lucia, fica o histórico Fort Rodney, usado pelos britânicos para espiar navios da frota francesa inimiga, próxima da Martinica. A construção datada de 1808 não demorou para ser reconhecida como um importante registro defensivo. Repleto de canhões, o forte traz a memória de George Rodney, almirante que em 1782 derrotou a frota francesa na chamada “Batalha dos Santos”.

Brimstone Hill Fortress
A ilha de São Cristóvão possui diversos fortes, mas o Brimstone Hill Fortress é, certamente, um dos mais famosos. Reconhecida como um Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a construção foi projetada por engenheiros militares britânicos, sendo, hoje, uma das mais bem preservadas fortificações da América. Sua conclusão veio aproximadamente em 1790, quase 100 anos depois do início das obras.

Castillo de la Real Fuerza
O Castillo de la Real Fuerza, em Havana (Cuba), foi erguido em 1577, principalmente por escravos e prisioneiros franceses. O intuito da construção era defender o território de ataques de piratas. Considerada uma das mais antigas fortalezas de pedra da América, a construção também foi listada em 1982 como parte do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Fort Louis
A cidade de Marigot, na ilha de St. Martin, abriga o Fort Louis. Para defender a ilha de ataques de bucaneiros britânicos, a fortaleza foi construída no século XVIII, com a instalação de três potentes canhões. O local também mantinha um armazém que foi muitas vezes saqueado pelos inimigos. Restaurações significativas do patrimônio foram realizadas em 1993.

Fort Zoutman
Localizado em Oranjestad (Aruba), o Fort Zoutman foi construído em 1798 pelo exército holandês, sendo, hoje, conhecido como a mais antiga estrutura da ilha. Depois de restaurado, o local foi reaberto em 1983 como Museu Histórico de Aruba - palco de exposições e festivais dedicados aos turistas.

Fortín de San Gerónimo del Boquerón
Pequeno, o Fortín de San Gerónimo del Boquerón fica em San Juan, Porto Rico. Construído no século VII, a fortaleza defendeu a cidade de ataques franceses que acabaram a destruindo, quase que completamente, em 1598. Reconstruído, o local integra o Registro Nacional de Lugares Históricos e, apesar de ter sido fechado por alguns anos, hoje recebe visitantes de várias partes do mundo.

Castillo de San Felipe de Lara
Na região leste da Guatemala, mais especificamente na entrada do Lago Izabal, encontra-se o Castillo de San Felipe de Lara. Estrategicamente situado no ponto mais estreito do rio, o forte foi usado pelos espanhóis por séculos, sendo diversas vezes destruído e saqueado por piratas. Atualmente considerado um popular destino turístico, o edifício erguido em 1644 ganhou restaurações, sendo a última em 1955.

Fort Oranje
Considerado um dos mais bem cuidados fortes do século IVII, o Fort Oranje fica em Oranjestad, na ilha de Sint Eustatius. No topo de um penhasco, a fortaleza possui um pátio, fortificações intactas e diversos canhões. Próximo ao local, encontra-se um museu, as ruínas de uma antiga sinagoga e também um cemitério judeu.

Castillo San Felipe del Morro
Construído em San Juan (Porto Rico), no século IVI, em homenagem ao rei da Espanha, Felipe II, e com a intenção de defender a baía da cidade de inimigos marítimos, o Castillo San Felipe del Morro é um dos principais cartões-postais de Porto Rico, declarado Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas (ONU). 

Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade