Quanto mais velho você for, melhor será o sexo, diz estudo

Vida estável e filhos formados figuram entre as razões que tornam a vida sexual dos mais velhos amplamente prazerosa

8 jan 2019
15h17
  • separator
  • comentários

É comum acreditar que o sexo perde a qualidade com a chegada da idade. Alguns problemas como secura vaginal, disfunção erétil e artrite podem ser empecilhos para o alcance do prazer e podem estar relacionados à terceira idade. Porém, um estudo feito pela Universidade do Minnesota comprovou que as relações sexuais melhoram com o tempo, já que o acúmulo de experiências faz a transa ser mais satisfatória.

Photographee.eu (Shutterstock)
Photographee.eu (Shutterstock)
Foto: Getty Images / Minha Vida

Para chegar aos resultados, os pesquisadores reuniram dados de três mil casais, que tinham entre 20 e 93 anos de idade. Essas pessoas foram entrevistadas em três períodos: 1995, 2003 e 2013. Durante essas entrevistas, eles respondiam questões sobre seus níveis de satisfação após a última relação sexual.

Então, foram comparadas as características da rotina sexual dos jovens e mais velhos, também levando em consideração os fatores sócio-demográficos e a saúde física e mental dos participantes.

De acordo com os estudiosos, a disfunção sexual não representava uma grande barreira sexual como comumente se pensa. Mesmo com o problema, muitos dos participantes ainda se sentiam satisfeitos com o sexo.

Benefícios do sexo para a terceira idade

Os pesquisadores afirmam que com a idade mais avançada, muitas responsabilidades familiares e profissionais se neutralizam e os níveis de preocupação são reduzidos. Portanto, manter uma vida sexual saudável apenas traz benefícios para a saúde do coração e da mente.

Além disso, o ato do sexo produz anticorpos, o que potencializa o sistema imunitário, algo positivo já que os mais velhos podem estar mais suscetíveis a doenças. A endorfina e a ocitocina liberadas na corrente sanguínea durante a transa também podem reduzir dor nas articulações, o problema mais recorrente na terceira idade.

Minha Vida
  • separator
  • comentários
publicidade