Saúde

Mulher com 'pior dor do mundo' revela ataques após vaquinha para eutanásia: 'Estão atormentando'

5 jul 2024 - 16h47
Compartilhar

A médica veterinária Carolina Arruda se pronunciou nesta sexta-feira, 5, após anunciar que abriu uma vaquinha para realizar eutanásia na Suíça. Na última terça-feira, 2, a jovem explicou que sofre com neuralgia do trigêmeo bilateral, uma condição que provoca fortes dores e choques elétricos na face. Em seu perfil, Carolina pediu para que internautas parem de enviar mensagens e 'atormentar' seus familiares. Reprodução/@caarrudar/TikTok

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Seu Terra












Publicidade