Como se forma o tártaro nos dentes

Motivo frequente das visitas ao dentista, o cálculo dental sinaliza que alguma coisa vai mal com nossa higiene bucal

25 nov 2019
10h59
atualizado às 11h38

O tártaro, como é popularmente chamado, é a placa bacteriana que endureceu na superfície dos dentes devido ao contato com a saliva.

Além de ser uma das principais causas do mau hálito, o cálculo dental pode desencadear diversas doenças periodontais. Isso porque, embora não seja nocivo por si só, o acúmulo excessivo de placa bacteriana pressiona e irrita a gengiva, deixando-a mais vulnerável a gengivites e outras infecções bucais.

Foto: Shutterstock.com

Mas como o tártaro se forma?

  • Nossos dentes possuem uma película que serve para protegê-los de diversos fatores, como se fosse uma capa protetora. Essa placa é chamada de biofilme dental. 
  • A cada escovação, parte dela é removida, mantendo um equilíbrio saudável.
  • A falta de higiene oral faz com que restos de alimentos permaneçam na boca e se acumulem nessa placa, formando uma verdadeira colônia de bactérias.
  • Por conter íons de cálcio, a saliva vai endurecendo o biofilme, num processo chamado de calcificação, até formar o tártaro. 
  • Já as bactérias acumuladas na placa produzem uma espécie de cola que gera a aderência do biofilme calcificado à estrutura dentária.
  • Após a mineralização, só é possível remover o tártaro por meio de instrumentos específicos no consultório dentista. 
  • Por isso, é importante escovar bem os dentes todos os dias e ir ao dentista regularmente.
Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade