Salivação excessiva, um problema comum em gestantes

27 dez 2017
08h00

Se você está grávida, com certeza já reparou diversas mudanças no seu corpo. As mulheres estão acostumadas a enfrentar enjoos, o aumento de peso e do quadril durante este período, mas muitas ainda se assustam quando as alterações também afetam a boca.

Foto: Thinkstock

Entretanto, é muito comum que a gravidez promova mudanças na cavidade oral, e uma das mais comuns é o excesso de salivação, algo que costuma acontecer a partir da sexta semana de gestação.

Esta condição é chamada de sialorréia e é causada pela alteração dos níveis hormonais durante a gravidez. Ainda que não seja perigosa, a hipersalivação pode prejudicar o sono, deixando a mulher mais irritada. Nestes casos, o mais importante é ter paciência.

Somente em casos extremos, se o excesso de saliva se torna muito abundante e acompanhado de vômitos várias vezes por dia, é necessário consultar um médico.

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.

compartilhe

publicidade
publicidade