0

Metade dos infartos não apresentam os sintomas típicos

7 nov 2018
07h11
  • separator
  • comentários

Metade dos infartos pode ser silenciosa, ou seja, sem a dor no peito excruciante, falta de ar ou suor frio. Os infartos silenciosos são quase tão comuns como os infartos com sintomas e tão ruins quanto. Os infartos reduzem ou param o fluxo sanguíneo para o coração. Pelo fato desses infartos silenciosos não serem diagnosticados, pessoas não procuram ajuda médica necessária para prevenir outro infarto ou até a morte.

Sintomas de um infarto silencioso são leves e quase passam despercebidos. A maioria é descoberto acidentalmente, como o dano mostrado em um eletrocardiograma durante um exame de rotina ou cirurgia. Apesar desses infartos serem mais comuns em homens, eles são mais mortais em mulheres e talvez para a população negra. Pessoas não devem ignorar sintomas como fadiga, náusea, ou falta de ar que ocorrem durante o exercício e que vão embora no repouso. 

Um paciente que teve um infarto silencioso deve ser tratado agressivamente. O tratamento inclui controle da pressão arterial e do colesterol e, possivelmente modificação de estilo de vida. Entre elas estão a dieta saudável, exercícios, perder peso e parar de fumar. É a mesma prescrição para infartos com e sem sintomas. Pacientes com pouca dor no peito mais fatores de risco para doenças cardíacas como hipertensão, obesidade ou diabetes devem realizar um eletrocardiograma.

Referência

http://www.webmd.com/heart-disease/news/20160516/half-of-heart-attacks-might-be-silent?ecd=wnl_day_051716&ctr=wnl-day-051716_nsl-_hdln_5&mb=voAu2w9N73u3p993LPWFqRXFE73IOX1c0OaTzBd4F8E%3d

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade