PUBLICIDADE

IA permite prever o Alzheimer com sete anos de antecedência

A descoberta também pode levar ao desenvolvimento de novos medicamentos e tratamentos para o Alzheimer

19 mar 2024 - 06h50
Compartilhar
Exibir comentários
IA permite prever o Alzheimer com sete anos de antecedência:

É um dos maiores avanços na área da saúde: a possibilidade de prever o Alzheimer com antecedência. Foi isso que conseguiu um time da Universidade da Califórnia e de Stanford. E eles só conseguiram isso utilizando a IA, explica André Forastieri.

A equipe de cientistas da Universidade da Califórnia e de Stanford desenvolveu um método para prever o Alzheimer com anos de antecedência. O método utiliza Inteligência Artificial para analisar exames de sangue e identificar biomarcadores que indicam o risco de desenvolver a doença.

Essa descoberta pode revolucionar o tratamento do Alzheimer, permitindo a intervenção precoce e a prevenção da progressão da doença. 

A IA foi capaz de identificar com 90% de precisão aqueles que desenvolveriam Alzheimer em até 16 anos. Os biomarcadores identificados pela IA estão relacionados à inflamação e à degeneração neuronal.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade