PUBLICIDADE

Exercícios para aliviar a ansiedade

Confira algumas opções que promovem o relaxamento da mente

26 jun 2021 14h02
ver comentários
Publicidade
Massagem, pilates e caminhadas são excelentes exercícios para aliviar a ansiedade
Massagem, pilates e caminhadas são excelentes exercícios para aliviar a ansiedade
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde para avaliar a saúde mental do brasileiro durante a pandemia revelou que a ansiedade é o transtorno mais presente na população. De acordo com o estudo, 86,5% dos participantes relataram sofrer com  ansiedade durante o período de distanciamento social. 

Enquanto a maior parte da população não é imunizada e a pandemia eliminada, existem alguns exercícios que podem ajudar no controle do transtorno. É claro que quando os sintomas interferem nas tarefas diárias, não hesite em procurar um especialista.

Massagem

É considerado um poderoso sistema de tratamento para harmonização, balanceamento e vitalização do ser, além de ter uma atuação específica em problemas crônicos e agudos localizados em diversas áreas do corpo, com atuação sempre de uma forma natural e consciente.

"O toque ativa um sistema de percepção muito importante para o desenvolvimento pessoal: o tato. Assim, a massagem atua na construção de uma relação saudável, fortalecendo os elos. Pode promover efeitos relaxantes ou terapêuticos, nos diversos sistemas do corpo, além de ter ligação direta com as emoções", completa a naturóloga Fernanda Aranda.

A massagem também é capaz de desfazer os nódulos de tensão formados nos músculos, trazendo de volta a sensação de leveza e relaxamento.

Acupuntura

É um tratamento milenar da medicina chinesa que age por meio da harmonia energética no organismo, gerando um equilíbrio físico, emocional e bioquímico.

"No tratamento, fazemos uma avaliação para saber qual o desequilíbrio específico daquele paciente, pois existem muitos fatores que podem causar ansiedade. Corrigindo o desequilíbrio, os sintomas típicos desaparecem e a pessoa se sente mais disposta e feliz, além de haver melhora na qualidade do sono e maior concentração. Estudos mostram que a acupuntura pode ativar o hormônio do bem-estar, sendo, por isso, tão utilizada para tratamento de quadros ansiosos", conta a acupunturista Tylá Pillotto Duarte. Para se submeter ao tratamento, busque um profissional capacitado.

Musicoterapia

Assim como toda proposta terapêutica, a musicoterapia acredita no ser humano e na sua possibilidade de pensar, sentir, buscar e direcionar necessidades. "Ela age de uma forma suave, prazerosa e eficaz, aproveitando-se das inúmeras potencialidades da música ou de seus elementos para atingir as necessidades terapêuticas de cada pessoa. Com o auxílio da música e de um profissional especializado, podemos tratar a depressão e a ansiedade em busca de uma melhor qualidade de vida", afirma a psicóloga Paula Dias Félix.

Caminhada e leitura diárias

Shutterstock 
Shutterstock
Foto: Saúde em Dia

Essas duas atividades têm um grande poder: deixar a mente mais leve e tranquila. A primeira ainda colabora para a saúde física como um todo, já que especialistas afirmam que 20 minutos diários de caminhada já são suficientes para melhorar o sistema cardiorrespiratório e a disposição de um modo geral. "O ansioso não consegue ficar tranquilo. Assim, em toda atividade que ocupar o tempo, a atenção ajudará a diminuir esse estado, promovendo o relaxamento e tirando o foco do que está promovendo o sentimento", sugere a psicóloga Luciana Kotaka. Então, inclua essas atividades na sua rotina e aproveite para relaxar mais!

Meditação 

Os benefícios da meditação estão cada vez mais populares. Prova disso é que não param de surgir aplicativos para smartphone que ensinam a técnica para ser realizada em casa. Há diferentes tipos de meditação, desde aquelas que buscam desligar os pensamentos até as que promovem o foco e a concentração. As técnicas podem ser aprendidas nas aulas de yoga, mas você pode testar os aplicativos e separar alguns minutos diariamente para treinar. Assim como outros exercícios, a meditação exige treino e, uma vez aprendida, pode ser realizada a qualquer momento, em qualquer lugar. Ótimo para aqueles momentos de estresse e ansiedade no trabalho!

Pilates

Visando aperfeiçoar a respiração e corrigir a postura corporal, a atividade também é uma opção interessante para quem busca controlar o distúrbio.

Yoga 

Exercícios de alongamento, relaxamento físico e mental e respiração contemplam a prática da yoga. Por meio da concentração nos movimentos e no ato de respirar, tentamos esquecer tudo e focar somente no momento. É nesse ponto que se começa a verificar os benefícios e as mudanças. Geralmente, as aulas duram cerca de uma hora, uma vez por semana. Assim como no pilates, os interessados na prática devem procurar um instrutor capacitado, pois muitas posturas da yoga demandam conhecimento e respeito às limitações de cada um.

Hipnoterapia 

A técnica ganhou bastante crédito na ciência quando o assunto são as terapias para tratar distúrbios mentais. A hipnose clínica, por meio da ressignificação do subconsciente, pode reconstruir o sentido de algo que serve de gatilho para uma reação ansiosa, como o medo de alguma situação, objeto ou animal em casos de fobias. A nível emocional, uma sessão de hipnoterapia é capaz de proporcionar um relaxamento profundo ao indivíduo que vive na ansiedade todo dia. Vale lembrar que não há nada de místico na técnica; portanto, é necessário mais de uma sessão para que os efeitos positivos apareçam. 

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade