PUBLICIDADE

Esportes de areia: do futevôlei ao beach tennis, veja quais cuidados ter

Personal trainer explica como tornar os esportes de areia mais seguros e indica como se preparar para essas modalidades

8 fev 2024 - 14h01
Compartilhar
Exibir comentários

Com dias mais longos e temperaturas mais altas no verão, trocar ambientes fechados por atividades ao ar livre acaba se tornando a opção de muitas pessoas que gostam de se exercitar. Diante disso, os esportes de areia caíram no gosto dos brasileiros, até mesmo em cidades não litorâneas, aonde as quadras de areia vêm ganhando espaço para aulas de Beach Tennis e Futevôlei, por exemplo.

Profissional dá orientações para praticar esportes de areia de forma segura
Profissional dá orientações para praticar esportes de areia de forma segura
Foto: Freepik/Divulgação / Boa Forma

De acordo com o personal trainer Bruno Sapo, para se jogar nessas modalidades é necessário ter certos cuidados indispensáveis, como a proteção solar e hidratação reforçada, uma vez que o corpo estará totalmente exposto ao calor e ao sol. Além disso, para garantir uma prática segura, ele ressalta a necessidade do fortalecimento adequado.

"Qualquer tipo de esporte, se bem feito, proporciona inúmeros benefícios à saúde. No entanto, esportes praticados ao ar livre têm um potencial de melhora ainda maior na saúde mental. É importante saber, contudo, que exercícios de areia exigem maior resistência e propriocepção. Assim, a musculação pode se tornar uma aliada na prevenção e na performance", aponta.

Benefícios dos esportes de areia

Segundo o profissional de educação física, dependendo do tipo treino, os esportes de areia podem trazer benefícios como o aumento da capacidade respiratória, melhora da resistência muscular e maior potência, sem contar que são uma ótima alternativa para emagrecimento.

Há, ainda, os benefícios para a saúde mental. "Ficamos tempo demais dentro de casa por cauda da pandemia e agora os exercícios a céu aberto podem ser aliados da saúde mental, já que podem reduzir os sintomas de ansiedade e depressão", explica ele.

Cuidados necessários

Por mais que nem sempre os esportes de praia precisem ser de alta intensidade, uma vez que isso depende do profissional definir a progressão correta, respeitando o limite de cada aluno, Bruno Sapo ressalta que o risco de lesão é iminente em qualquer esporte quando mal praticado, e na areia esse fator não é diferente.

De acordo com o personal, não existem contraindicações específicas para esportes de areia, mas o primeiro ponto é passar por uma avaliação médica e contar com um bom profissional.

"Qualquer pessoa pode participar de treinos na areia. O leque de opções é tão grande que abrange desde sedentários até pessoas treinadas. Mas até sem condições especiais, todo mundo deve passar por uma avaliação médica e pela orientação de profissionais de educação física que saibam adequar para a condição de cada um."

E para quem já está liberado para começar, Bruno recomenda unir a atividade à musculação. "É uma aliada na prevenção e na performance", ele afirma.

Novamente, aqui se faz necessário o auxílio de um profissional. "O que fortalecer vai depender da modalidade, porque são esportes que trabalham bastante o corpo todo, com algumas especificações. Além da prevenção, existem pontos de performance que serão melhorados, como força explosiva e potência para chegar e alcançar a bola com mais velocidade."

Quando o assunto é beach tennis, o fortalecimento se torna ainda mais específico, já que segundo Sapo, o esporte requer bastante dos antebraços e dos ombros. "Na dúvida, trabalhos de fortalecimento do corpo todo são sempre bem-vindos, além de treinos de equilíbrio e coordenação, que são interessantes para qualquer modalidade", finaliza.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade