PUBLICIDADE

Endometriose: Wanessa Camargo, Anitta e Larissa Manoela compartilham suas experiências com a doença

O ginecologista Dr. César Patez esclarece os riscos e sintomas da endometriose, enquanto celebridades revelam suas lutas com a doença.

25 fev 2024 - 07h39
Compartilhar
Exibir comentários

O mundo das celebridades muitas vezes esconde batalhas silenciosas, e recentemente, figuras como Wanessa Camargo, Anitta, e Larissa Manoela abriram seus corações sobre uma luta comum e muitas vezes invisível: a endometriose. A atual confinada do BBB, Wanessa Camargo, revelou que precisou passar por uma cirurgia de endometriose antes de engravidar. Além de dificultar a gestação, a cantora disse que a doença costumava atrapalhava o sexo e incomodava durante exames rotineiros.

A cantora Anitta, por exemplo, usou seu espaço de influência para alertar seus seguidores sobre essa doença. "Pesquisem, galera. A endometriose é muito comum entre as mulheres. Tem vários efeitos colaterais, em cada corpo de um jeito. Podem se estender até a bexiga e causar dores terríveis ao urinar. Existem vários tratamentos. O meu terá que ser cirurgia", afirmou a artista.

A endometriose é uma condição delicada que atinge o tecido que normalmente reveste o interior do útero, crescendo fora dele, podendo afetar diversos órgãos no corpo. Larissa Manoela se refere ao tratamento como uma luta diária e disse estar "aprendendo a conviver com a dor".

Saiba mais sobre a endometriose:

Sintomas:

- Cólicas menstruais intensas;

- Dores ao evacuar;

- Dor ao urinar;

- Dor durante a relação sexual.

Quando se preocupar?

- Se sentir cólicas intensas por um período prolongado;

- Se as cólicas interferirem no seu dia a dia e rendimento.

[caption id="attachment_4315" align="alignnone" width="300"]

Endometriose Wanessa Camargo, Anitta e Larissa Manoela compartilham suas experiências com a doença
Endometriose Wanessa Camargo, Anitta e Larissa Manoela compartilham suas experiências com a doença
Foto: Sou Mais Bem Estar

©Prostock-studio via Canva.com[/caption]

Como se precaver?

- Adotar uma dieta mediterrânea com frutas, vegetais, grãos integrais, nozes, ervas, especiarias e azeite de oliva;

- Praticar atividade física regular;

- Controle do peso;

- Restringir glúten, leite e derivados;

- Praticar técnicas de controle da mente, como yoga ou relaxamento.

Nesse cenário, a endometriose tornou-se uma pauta importante, destacando-se não apenas pelos sintomas que afetam a qualidade de vida das mulheres, mas também pelo seu impacto em figuras conhecidas. Wanessa Camargo, em um gesto corajoso, revelou recentemente sua própria jornada com a endometriose, desmistificando a condição e encorajando outras mulheres a procurarem ajuda médica. Dr. César explica ainda que: "a principal causa está relacionada à menstruação retrógrada, onde parte do sangue reflui pelas trompas e cai na cavidade abdominal, podendo se implantar em outros órgãos".

O ginecologista que é professor da pós graduação em endoscopia ginecológica do Instituto Crispi de cirurgia minimamente invasiva destaca ainda a importância dos cuidados e tratamentos. "Geralmente, pacientes com cólicas intensas desde a adolescência ou que enfrentam dificuldades para engravidar procuram ajuda médica. Exames especializados, como ressonância pélvica e ultrassonografia endovaginal, são essenciais para diagnóstico. - A interrupção do ciclo menstrual é eficaz para diminuir a migração de células endometriais. Em casos avançados, a cirurgia laparoscópica pode ser necessária para remover os focos da doença.", informa Patez.

Queda do cabelo e acnes durante o tratamento da endometriose:

Estes podem ser sintomas relacionados a diversas doenças por conta do desequilíbrio hormonal. O tratamento da endometriose tende a aumentar os níveis de testosterona no organismo, pois ele tem um papel importante na diminuição dos focos de endometriose nas cavidades. Por isso, o tratamento pode acarretar a queda de cabelo acima do normal e deixar a pele mais oleosa, suscetível ao surgimento de acnes.

A tricologista Viviane Coutinho, especialista em saúde capilar, acrescenta: "A queda de cabelo é algo normal, mas se vier junto de outros sintomas, pode indicar endometriose. O normal é cerca de 100 fios caírem por dia. Se essa queda for combinada com cólicas intensas, dores ao urinar e outros sintomas, pode ser um sinal de alerta para a endometriose."

Em um esforço para ampliar a conscientização sobre a endometriose, figuras influentes como Anitta, Larissa Manoela, e Patrícia Poeta também compartilharam suas próprias experiências com a doença. A internação de Anitta para uma cirurgia relacionada à endometriose enfatiza a seriedade da condição e a importância de diagnóstico e tratamento precoces.

Sou Mais Bem Estar
Compartilhar
Publicidade
Publicidade